Presidente do Equador põe à venda o avião Embraer presidencial do país

Foto de Peter Bakema, GFDL 1.2, via Wikimedia

O presidente equatoriano Guillermo Lasso assinou na terça-feira (31) o Decreto Executivo 180, por meio do qual seu governo coloca à venda o jato presidencial do modelo Embraer 135BJ Legacy 600, registrado como FAE-051. Após a conclusão da venda, o país sul-americano contará apenas com um Dassault Falcon 7X para o transporte de altas autoridades.

O jornalista aeronáutico equatoriano Nicolás Larenas fez uma análise do processo de venda e do possível preço do avião, que ainda não foi divulgado, utilizando referências do mercado. Ele comenta que o processo para a venda do avião foi iniciado em 2018, mas ainda não havia se concretizado em razão de burocracias administrativas.

Através de sua pesquisa, Larenas descobriu outras aeronaves no mundo, do mesmo modelo e em condições semelhantes, para então poder concluir um provável preço de venda. Em sua análise, ele considerou o total de horas de voo, ciclos do avião, ano de fabricação, configuração, status de manutenção, equipamentos disponíveis na aeronave, entre outros. Ele também considerou que o jato equatoriano possui configuração VIP, equipamentos de telecomunicações e internet customizada, além de ter apenas 13 anos de serviço.

Por conta de tudo isso, sua conclusão foi a de que há, pelo menos, 25 aeronaves do mesmo modelo disponíveis para venda, levando a faixa de preço do jato presidencial para algo entre US$ 5 milhões e 7 milhões.

Agora, resta aguardar pelo comprador.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias