Primeiro Airbus A330 da história é aposentado após 27 anos de voos

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Avião Airbus A330-300 DragonAir Cathay Dragon
Imagem: G B_NZ [CC]

O primeiro Airbus A330 da história teve sua aposentadoria anunciada nesta sexta-feira, após ter completado mais de 27 anos de operações desde sua primeira decolagem.

Atualmente em posse da companhia aérea Cathay Pacific, baseada em Hong Kong, e voando na divisão Cathay Dragon (DragonAir) da empresa, o Airbus A330-300 de matrícula B-HLJ foi o primeiro protótipo da fabricante europeia, tendo alçado voo na data de 2 de novembro de 1992 com a matrícula F-WWKA.

Avião Airbus A330-300 Primeiro Protótipo
Imagem: Aero Icarus [CC]

Após quase quatro anos de testes na Airbus, segundo dados do Airfleets, em 18 de outubro de 1996 a aeronave de número de série 012 foi entregue à Cathay Pacific e nunca mais saiu do grupo até sua atual aposentadoria.

Segundo a própria Cathay, foram 63.900 horas e 26.983 ciclos de decolagens e pousos ao longo destes quase 30 anos de operações, tendo continuado voando até mesmo em meio à crise da pandemia de Covid-19. Seu último voo foi na sexta-feira passada, 17 de julho.

O A330-300 foi desenvolvido a partir de um alongamento da fuselagem do A300, mas com novas asas, estabilizadores e com o sistema fly-by-wire, que utiliza fios elétricos para enviar sinais aos comandos de voo, ao invés dos cabos de comando diretamente ligados ao cockpit.

Apesar de parecer menos popular aqui no Brasil do que o irmão menor A330-200, que veio a voar apenas em 1998, o -300 foi o primeiro A330 concluído e acumulou mais encomendas e entregas do que o -200. Com o voo inaugural em 1992, pesando 181.840 kg (401.000 lb) e incluindo 20.980 kg (46.300 lb) de equipamento de teste, tornou-se o maior avião a jato já voado, até ser superado pelo primeiro voo do Boeing 777 em 1994.

No Brasil, várias foram as companhias aéreas que já voaram com a variante A330-300 para cá, como Iberia, TAP Portugal, American Airlines, Delta Air Lines e South African Airways, apenas para citar alguns exemplos recentes.

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Piloto desenha um pato no radar durante um voo de 1...

0
Em mais um caso de piloto fazendo desenhos no trajeto captado pelos radares, a mais recente "obra de arte" foi um pato (ou algo parecido).