Concluída a conversão do 1º Airbus A350 do mundo adaptado a cargueiro

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

A Airbus anuncia nesta quarta-feira que a sul-coreana Asiana Airlines tornou-se a primeira companhia aérea do mundo a incorporar a solução da fabricante para converter uma cabine de um A350 de passageiros em transporte de carga.

Avião Airbus A350-900 Asiana Airlines
A350-900 da Asiana Airlines – Imagem: N509FZ / CC BY-SA

Esta solução, disponível como o Boletim de Serviço (SB) nº 25-P170, foi desenvolvida em estreita cooperação entre a Airbus, a Agência para a Segurança da Aviação da União Europeia (EASA) e a Asiana.

O A350 modificado foi colocado em serviço nessa última semana de setembro voando na rota Seul-Los Angeles, transportando equipamentos de TI e eletrônicos, bem como exportações de comércio eletrônico, como roupas.

Interior A350 Asiana Adaptado Cargueiro
Imagem: Airbus

O projeto exigia a substituição de 283 poltronas da classe econômica por paletes de carga no piso da cabine para garantir a segurança das cargas. A modificação, que leva duas semanas de trabalho, aumenta a capacidade de carga da aeronave em cinco toneladas métricas adicionais, para 23 toneladas.

Em meio ao impacto global da COVID-19 na indústria da aviação, a Asiana está buscando uma resposta ativa no sentido de utilizar as capacidades de transporte de carga de sua frota de aviões de passageiros para expandir sua capacidade de carga.

“Tomamos a decisão de modificar a aeronave após uma análise detalhada de sua capacidade de aumentar a lucratividade. As vendas de cargas se tornaram uma grande parte dos negócios da companhia aérea durante a situação da COVID-19 e faremos vários esforços para o segmento”, comentou Kim Kwang-seok, vice-presidente executivo sênior de negócios de carga da Asiana.

Desde o começo da COVID-19 no início do ano, a EASA emitiu diretrizes de isenção para as companhias aéreas para o transporte de cargas médicas e urgentes. A Airbus então trabalhou com a EASA para desenvolver um SB para a modificação de aeronaves de passageiros, que a Asiana adotou.

Uma vez que o SB foi concedido, a equipe de serviço de campo da Airbus na Coreia do Sul ajudou a facilitar as discussões entre a equipe de Suporte de Operações de Voo da Airbus em Cingapura, junto com suas equipes de Suporte de Operações de Voo e Suporte de Engenharia com base em Toulouse.

Em comparação com o carregamento de carga nos assentos, a solução da Airbus, anunciada em abril deste ano, torna as operações de carga e descarga mais fáceis e rápidas, bem como reduz o desgaste dos próprios assentos.

Airbus Cabine Adaptada Cargueiro
Imagem: Airbus

Outros benefícios importantes para as companhias aéreas incluem a segurança adicional de proteção robusta contra incêndio e a capacidade de contenção de carga de 9g para evitar que qualquer coisa se mova durante o voo.

O escopo da modificação inclui a remoção dos assentos e do IFE (sistema de entretenimento de bordo), e a instalação de paletes de carga e equipamentos de segurança associados, bem como também as instruções de reinstalação dos elementos originais da cabine para voltar às operações de passageiros.

O Airbus informa que o SB continuará válido para além da pandemia de COVID-19.

Informações oficiais da Airbus

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias