Procon multa aéreas em R$ 7 mi por cobrança na marcação antecipada de assento

Todos os assentos contam com encosto de cabeça ajustável.

O Procon-SP aplicou cerca de R$ 7 milhões de multas às empresas aéreas Azul, Gol e Latam pela cobrança para marcação antecipada de assentos. O Procon entende que a cobrança é abusiva.

Segundo a entidade, o consumidor não está obtendo nenhum serviço adicional com a cobrança antecipada do assento, já que entende que todo passageiro voará sentado e, portanto tem que ter seu assento garantido. O presidente do Procon-SP citou como exemplo um ingresso de cinema, em que ele marca o assento sem pagar nada a mais por isso.

A decisão é muito polêmica e vai na contramão de práticas mundialmente adotadas por empresas aéreas. Atualmente, as empresas aéreas oferecem a marcação gratuita no momento do check-in e entendem que a marcação antecipada é um serviço opcional.

Informações do Procon-SP (adaptado)

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.