Projeto Eve da Embraer pode gerar negócio de US$ 2 bilhões; fabricante confirma negociação

Veículo elétrico do projeto Eve da Embraer

A Embraer confirmou hoje, 10 de junho, que está em conversas com uma empresa americana sobre seu projeto Eve de mobilidade aérea urbana, que pode gerar um negócio avaliado em cerca de US$ 2 bilhões.

As ações da empresa dispararam no mercado financeiro após a confirmação da negociação anunciada pela Bloomberg. Segundo a agência de notícias especializada em finanças, fontes próximas revelaram o valor do possível negócio.

Segundo o InfoMoney, a Embraer apenas se limitou a dizer que as negociações com a Zanite estão em curso e que a companhia não pode prever se a Eve chegará a um acordo definitivo ou quais serão os seus termos, e também informou que manterá o mercado informado de quaisquer desdobramentos relevantes no âmbito de tais negociações, na medida imposta pela legislação e regulamentação do mercado de capitais.

A Zanite Acquisition é liderada pelos co-CEOs Kenn Ricci, co-proprietário da Directional Aviation Capital, que controla a fornecedora de voos de jatos privados Flexjet, e Steve Rosen, co-fundador da empresa de private equity Resilience Capital Partners.

Segundo declara em seu site, a Zanite tem como alvo empresas nos setores de aviação, aeroespacial e defesa, mobilidade urbana e tecnologia emergente com um valor empresarial de mais de US$ 750 milhões.

O projeto de mobilidade urbana aérea da Embraer ganhou notoriedade nos últimos dias, após o anúncio de uma intenção de compra de 200 unidades do veículo aéreo elétrico Eve para a Halo, empresa líder em operações de táxi aéreo de helicóptero nos EUA e no Reino Unido, e de mais 50 unidades para a brasileira Helisul, que fará testes do conceito junto à Embraer ainda neste ano no Rio de Janeiro.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias