Qantas irá substiuir o Boeing 747 pelo 787 em voo para Santiago

Com planos para aposentar o Boeing 747-400 até o final de 2020, a Qantas já desenha a substituição de aeronave onde o Jumbo opera atualmente.

Boeing 747-400 da Qantas em Santiago

Os voos transoceânicos operados pelo 747 atualmente, como de Sydney para Santiago do Chile e Joanesburgo na África do Sul, serão feitos pelo Boeing 787-9 Dreamliner.

Em entrevista ao Australian Business Traveller durante a AGM da IATA o CEO da Qantas, Alan Joyce, disse que o 787 está com certificação ETOPS e “por ser uma aeronave menor, o Boeing 787 irá permitir um aumento no número de frequências nestas rotas. Neste momento não temos voos diários durante todo o ano nestas rotas, então para nós a África do Sul e América do Sul não serão um problema”.

787-9 da Qantas

O Boeing 787-9 da Qantas tem 128 assentos a menos que o 747-400 da companhia. A citação para a América do Sul é uma referência ao Projeto Sunrise que pretende trazer voos diretos da Austrália para o Brasil.

Ainda não existe uma data exata para a troca do 747 pelo 787 no voo para Santiago e o aumento da frequência, porém ocorrerá até o ano que vem quando o Jumbo irá se aposentar na Qantas.

Com informações do Australian Business Traveler.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos