Qantas surpreende e define a aeronave de seus voos de 21 horas

A companhia aérea australiana Qantas bateu o martelo e anunciou que já escolheu a aeronave que utilizará para seus voos de ultra-longa duração.

Avião Airbus A350-1000 Qantas

Surpreendendo as expectativas de que a definição ficaria apenas para 2020, a Qantas afirmou que após uma longa análise optou pelo A350-1000 da Airbus ao invés do 777X da Boeing. A companhia havia dito em novembro que rejeitou as ofertas das duas fabricantes, e que poderia até desistir do projeto se não houvesse opções atrativas.

Para que o modelo seja capaz de cumprir a missão, um tanque de combustível adicional será colocado no A350-1000 e outras modificações serão implementadas para permitir uma decolagem com peso maior que o atual.

O acordo com a Airbus deve compreender até 12 aviões, com possíveis entregas previstas entre fevereiro e março de 2020. Dados exatos como alcance, capacidade de passageiros e peso máximo de decolagem não foram revelados.

As rotas inicias confirmadas são de Sydney para Londres e Nova Iorque sem escalas e podem durar mais de 21 horas. Mas a rota Rio de Janeiro – Sydney também está nos planos oficiais da empresa.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias