Qatar Airways acusada de separar casais de tripulantes que viviam juntos

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

A companhia árabe Qatar Airways está sendo acusada de separar tripulantes que viviam juntos, como forma de impor um controle abusivo sobre seus funcionários.

Desde maio, a empresa ordenou que todos seus tripulantes que moravam em alojamentos privados da companhia fossem para alojamentos comunitários, nos quais há separação das pessoas por sexo. O motivo seriam as normas do governo do Catar para conter a Covid-19, embora se cogite que a companhia teria tomado a medida para reduzir custos em meio aos impactos da crise e para controlar seus funcionários.

Com isso, os casais de tripulantes estão tendo que viver separados, por mais que morassem juntos antes em uma única acomodação fornecida pela empresa, segundo reporta o portal Paddle Your Own Kanoo.

A empresa, por seu lado, afirmou que está seguindo as diretrizes do governo ao tirar os tripulantes de acomodações privadas, e que os casais que desejarem continuar vivendo juntos podem o fazer, desde que seja fora de acomodações da empresa, e cientes que durante este tempo não poderão operar voos.

Assim, os casais são obrigados a fazer uma escolha: ou se separam durante um tempo ou procuram outro lugar para viver, mas sem receber, porque não poderão trabalhar.

Para muitos, esta medida é mais uma forma de a Qatar controlar seus empregados, já que tempos atrás ela implementou uma política na qual os casais de funcionários que quiserem se casar devem pedir permissão à empresa. Segundo algumas acusações, entretanto, quem fizesse o pedido seria demitido algum tempo depois.

A Qatar Airways afirmou que está revendo suas políticas conforme o governo diminui as exigências relacionadas à Pandemia, e que espera em breve retirar todas as restrições, que atualmente também proíbem que os tripulantes saiam dos alojamentos durante a noite, entre 19h00 e 04h00.

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias