Qatar ameaça parar de receber aviões Airbus, e LATAM e IAG podem ser afetadas

Avião Airbus A320neo LATAM
Airbus A320neo da LATAM

Após criticar de forma dura o programa A380, dizendo que a compra do modelo foi o maior erro de sua história, a companhia aérea Qatar Airways volta a tecer críticas à fabricante Airbus, sempre através das declarações de seu CEO Akbar Al Baker.

Segundo o executivo, há um problema entre sua companhia aérea e a empresa francesa que, se não for resolvido, resultará na paralisação do recebimento de aviões Airbus, o que afetará não apenas a própria Qatar, mas também outras empresas nas quais o grupo árabe tem participação, como a LATAM e o grupo IAG (British Airways e Iberia, entre outras).

O desentendimento foi revelado por Al Baker em entrevista à Bloomberg, quando ele afirmou que se não for possível resolver “aquele sério problema” que tem com o pessoal da Airbus, ele se recusará a “tomar qualquer aeronave deles”, e isso também vai gerar um “estresse no relacionamento com o IAG, com a LATAM e com outras companhias aéreas nas quais temos participação.”

Quando perguntado sobre qual seria a natureza do problema, o CEO disse que não pode dar mais detalhes. O mesmo foi dito pela fabricante de aviões, que se limitou a comentar que está em conversas constantes com os clientes sobre seus requisitos e que os detalhes dessas discussões são confidenciais.

O único ponto especificado por Al Baker foi que não há nenhuma relação dessa disputa com as críticas anteriores sobre o Airbus A380, que já são águas passadas.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Em voo para Floripa, passageiro surpreende namorada ao pedi-la em casamento

0
Veja nos vídeos como tudo aconteceu e conheça mais sobre a história do casal, desde que se conheceram até a decisão pela surpresa a bordo.