QATAR quer lançar – também – o Boeing 797

Não tem nem três meses desde que o CE da Qatar, o incontido verbalmente Al Baker, disse aos jornalistas que a empresa não tinha nem ‘um pingo de interesse’ no projeto new midsize aircraft (NMA) da Boeing, popularmente apelidado de Boeing 797.

Mas, na última sexta-feira (7), ele voltou totalmente atrás e decidiu que quer ser o cliente número um, e lançar o avião. “O que a Boeing me mostrou é maravilhoso”, disse à CNN.

Apesar de (geralmente) falar mais do que deve, o Sr. Al Baker não está brincando e lutou muito para que a Qatar lançasse todos os modelos de Airbus A350. agora quer também os Boeing 777X e o Boeing 797. Só que isso dá início a uma grande confusão, já que a gigante americana Delta Airlines já havia se posicionado como cliente lançadora do futuro 797.

Quem será que leva essa? Quem será a primeira a encomendar o novo jato?

O que é o programa NMA

A Boeing esperar colocar um novo produto no mercado para suprir um gap existente entre os aviões de médio e grande porte de seu portfólio, mais especificamente no segmento de 250 a 270 assentos. Na prática, o NMA será maior que o Boeing 737 MAX 10, e menor do que o Boeing 787-8.

Como a aeronave será totalmente desenhada do zero, a Boeing espera introduzir todas as novas tecnologias existentes, além de mitigar riscos de situações como as que vemos com o 737 MAX.

Esperava-se que a Boeing formalmente comunicasse ao mercado sobre o Boeing 797 ainda em junho, durante o Paris Airshow, no entanto, esse assunto ficou incerto, devido aos problemas recentes nos outros projetos da fabricante americana.

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.