Quais rotas internacionais da América Latina dão mais dinheiro?

A380 Emirates

A reputada consultoria alemã OAG divulgou um estudo bastante interessante que mostra quais rotas aéreas geram maior receita no mundo. Ontem, nós publicamos um pedacinho desse estudo, reportando a única rota do mundo a gerar mais de US$ 1 bilhão por ano, que é Londres-NY, operada pela British Airways.

Nessa segunda parte, trazemos dois rankings. No primeiro deles está reportada a lista de ligações internacionais que mais geram receita, junto com a respectiva companhia aérea e o total de dinheiro gerado. O outro ranking traz uma visão por empresa aérea, com foco nas grandes companhias internacionais e suas respectivas rotas de maior retorno.

É importante considera que o objetivo da análise é concluir quais as rotas, dentro do portfólio das empresas aéreas, geram mais receita. Por exemplo, a Aeromexico também faz a rota Cidade do México-Madrid, mas a receita que gera não a coloca no ranking. Igualmente, a lista também não olha ao lucro final obtido. Usando o mesmo exemplo anterior, talvez a Air Europa possa até ter um lucro maior do que a Iberia nessa rota, não há como afirmar, já que tudo é resultado de uma complexa combinação de variáveis, que não estão abertas ao público.

Rotas internacionais de maior receita na América Latina: de abril de 2018 a março de 2019

  • Cidade do México – Madrid – IBERIA – US$ 238.947.114
  • Santiago – Lima – LATAM – US$ 230.353.262
  • São Paulo – Dubai – EMIRATES – US$ 223.156.524
  • Santiago – São Paulo – LATAM – US$ 215.411.751
  • São Paulo – Paris – AIR FRANCE – US$ 206.901.142
  • São Paulo – Miami – AMERICAN – US$ 196.119.748
  • São Paulo – Lisboa – TAP – US$ 191.890.975
  • Buenos Aires – Madrid – IBERIA – US$ 189.491.699

Rota de maior receita de grandes companhias do mundo: de abril de 2018 a março de 2019

  • British: Nova York (JFK) – Londres (Heathrow) – US$ 1.159.126.794
  • Qantas: Melbourne – Sydney – US$ 861.260.322
  • Emirates: Londres (Heathrow) – Dubai : US$ 796.201.645
  • Singapore: Londres (Heathrow) – Cingapura – US$ 735.597.614
  • United: São Francisco – Newark – US$ 689.371.368
  • American: Los Angeles – Nova York (JFK) – US$ 661.739.788
  • Qatar: Londres (Heathrow) – Doha – US$ 639.122.609
  • Air Canada: Vancouver – Toronto – US$ 541.122.509

Fonte OAG

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.