Quais serão as próximas ações do Governo Federal relacionadas a aeroportos no Brasil?

Imagem: ME/ Portal da Copa / CC BY 3.0 BR, via Wikimedia Commons

Dentro dos planos do Ministério da Infraestrutura de fomentar o desenvolvimento do setor aéreo no Brasil, estão previstas grandes entregas da aviação regional no segundo semestre do ano.

Entre elas, uma série de obras no Aeroporto de Campo Grande (MS), que inclui novos terminal de passageiro, pista de pouso e pátio de aeronaves. Em Minas Gerais, os terminais de passageiros dos aeroportos de Uberlândia e de Montes Claros passam por modernização e ampliação. As obras seguem no aeródromo de Maringá (PR).

Também merece destaque a relicitação do Aeroporto Internacional de Natal, em São Gonçalo do Amarante, cujo processo está em estágio avançado no Tribunal de Contas da União.

Desde o encerramento da Infra Week, a Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC) passou a estruturar a 7ª rodada de concessões, prevista para o primeiro semestre de 2022, com oferta de 16 aeroportos e estimativa de receber mais de R$ 5 bilhões em investimentos. Os principais terminais serão Santos Dumont (RJ) e Congonhas (SP).

“E, para realizar a 7ª rodada de concessões em 2022, temos um trabalho muito grande ao longo do segundo semestre deste ano, de preparação do edital, documentos jurídicos, estudos de viabilidade, encaminhamento ao TCU e uma série de iniciativas para fazer o leilão no início do ano que vem. Então, temos muito trabalho e muitas coisas boas vindo por aí”, disse Ronei Glanzmann, Secretário de Aviação Civil.

Informações do Ministério da Infraestrutura

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Aeroporto de Frankfurt-Hahn, na Alemanha, pede falência

0
De acordo com o diretor de operações, os papéis foram apresentados na última terça-feira,, no Tribunal Administrativo de Bad Kreuznach.