Quando será a apresentação oficial do novo caça F-39E Gripen da FAB?

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

O navio cargueiro ELKE já está na costa brasileira e segue rumo ao porto de Navegantes, onde desembarcará sua valiosa carga: o primeiro exemplar do novo caça Gripen E da Força Aérea Brasilera. Depois do desembarque, é esperado que essa aeronave siga alguns ritos, conforme exploramos nessa matéria.

Essa aeronave está totalmente montada dentro de um contêiner especial e aportará nos próximos dias, quando será recebida por um forte esquema de segurança e restrição de pessoas.

Segue para Gavião Peixoto

Depois disso, a aeronave será deslocada por via terrestre até o aeroporto de Navegantes, onde será preparada para um voo de traslado no dia 25 de setembro (previsto) rumo a Gavião Peixoto, onde está uma das plantas industriais da Embraer, empresa que será responsável pela montagem de uma parte das aeronaves que incorporarão a frota da FAB nos próximos anos.

Apresentação Oficial

Por sua vez, a apresentação oficial da aeronave para a nação brasileira tem previsão de acontecer em uma cerimônia especial alusiva ao Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira, em 23 de outubro, na cidade de Brasília (DF), com presença de autoridades e da imprensa.

A forma como ocorrerá essa apresentação ainda não foi anunciada, mas é óbvio que todo o Brasil espera uma exibição em voo, para que veja o novo caça em ação.

A primeira e as próximas

Essa primeira aeronave F-39E Gripen unidade será empregada nas atividades de desenvolvimento conjunto a serem realizadas no parque industrial brasileiro, por cooperação entre a Saab e as empresas nacionais selecionadas como beneficiárias no programa de transferência de tecnologia (offset), como a Embraer, por exemplo.

O primeiro caça estará equipado com instrumentos para a realização da campanha de testes no Centro de Ensaios em Voo do Gripen (GFTC, do inglês Gripen Flight Test Center), em Gavião Peixoto (SP). Futuramente, ao final do desenvolvimento da versão monoposto, essa unidade vai ser incorporada à frota da FAB.

Por ser uma aeronave em fase de testes, sua operação deve ser executada em ambientes controlados, sempre buscando a máxima segurança do piloto e da máquina. Os voos de testes na Suécia foram iniciados a partir de agosto de 2019 e, recentemente, o mesmo avião decolou pela primeira vez comandado por um oficial da FAB, o Major Aviador Cristiano de Oliveira Peres.

As primeiras aeronaves em condições de serem utilizadas em operações de Força Aérea têm previsão de serem entregues para o Comando da Aeronáutica ao final de 2021.

São 36 jatos encomendados, que serão empregada na defesa e manutenção da soberania do espaço aéreo brasileiro, em substituição aos antigos F-5.

Receba todas as novidades sobre o Gripen no Brasil em seu celular no canal AEROIN no Telegram, clique aqui para entrar gratuitamente.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Tirar máscara para identificação no aeroporto pode estar com os dias...

0
O processo de embarque nos aeroportos segue necessitando de retirada da máscara, mas essa dissonância parece estar com os dias contados.