Quatro voos da GOL para Manaus terão emissão de carbono compensada em ocasião especial

Capital do Amazonas e relevante porta de entrada para a mais grandiosa floresta tropical do globo, Manaus completa 352 anos neste domingo, dia 24 de outubro. Em comemoração à data, a GOL Linhas Aéreas e a MOSS, uma das maiores plataformas ambientais de créditos de carbono do mundo, doarão a todos os clientes e tripulação a compensação da pegada carbônica de 4 voos com destino à capital amazonense.

Dessa forma, a GOL neutralizará as emissões totais de carbono nos 4 trechos – um presente para Manaus, para a Floresta Amazônica (onde estão concentrados os projetos de preservação florestal apoiados pela MOSS) e para o planeta, com direito a um certificado em papel semente, que pode ser plantado, a todos os presentes nos voos.

Esta ação pontual da GOL e MOSS acontece no próprio domingo, 24/10: são dois voos que partem de Brasília (BSB) – G3 1892, às 9h30, e G3 1740, às 21h10; um voo a partir de São Paulo/Guarulhos (GRU) – G3 1650, às 22h45; e outro que decola em Fortaleza (FOR) – G3 1919, às 23h45, todos em direção a Manaus (MAO).

Os 4 voos serão realizados pela GOL com o Boeing 737 MAX 8, a mais moderna e tecnológica aeronave de sua frota, que opera com menor nível de ruído dos motores e é reconhecida pelo consumo 15% mais baixo de combustível – atributo que garante a redução da emissão de poluentes também de 15%, em concordância com as boas práticas de sustentabilidade defendidas pela Companhia, comprometida com a emissão líquida zero de carbono até 2050.

Durante os trajetos, a tripulação fará o seguinte speech a bordo:

“Hoje Manaus completa 352 anos!

Para tornar esse aniversário ainda mais especial, este voo em parceria com a MOSS terá as emissões de carbono compensadas. Um presente para você e para o pulmão do Planeta.

Além disso, estamos voando em um Boeing 737 MAX, que consome 15% menos combustível, ou seja, 15% a menos de gases poluentes pelos ares. Esta é mais uma ação para atingir nosso compromisso de neutralizar as emissões de CO2 até 2050, sem deixar de lado o conforto.

Neste voo você receberá um certificado e poderá continuar fazendo parte da campanha #MeuVooCompensa, apagando as pegadas de carbono de suas próximas viagens. Para saber mais acesse nosso site voegol.com.br (ou escaneie o Qr Code na Revista GOL)”

Rota compensada

No último mês de setembro, a GOL e a MOSS instituíram Recife-Fernando de Noronha-Recife como a primeira rota 100% carbono neutro do Brasil. Diferentemente da ação realizada no aniversário de Manaus, que é pontual, todos os voos com destino a Noronha, partindo do Recife, têm sua emissão de carbono compensada. Os Clientes e a tripulação dessas viagens podem, sem custos, resgatar o certificado que assegura o investimento do MCO2 doado pela GOL e MOSS em projetos ambientais na Floresta Amazônica.

Se for do interesse do cliente, ele pode comprar o MCO2 a qualquer momento e assim neutralizar as demais rotas que compõem sua viagem até a capital amazonense, os voos feitos anteriormente com a GOL e suas futuras viagens. O melhor: é barato apagar a pegada carbônica deixada pelas viagens. Para o trecho São Paulo-Rio de Janeiro, bastam R﹩ 2,38. De Brasília ao Rio de Janeiro, R﹩ 5,94. De São Paulo à Bahia, R﹩ 7,13. E, mesmo em trajeto mais longo, como de Porto Alegre a Manaus, apenas R﹩ 20,43.

Enquanto a Companhia não opera seus voos fazendo uso do combustível sustentável de aviação – a solução definitiva para suas emissões de carbono, na qual vem trabalhando com afinco -, a compensação da pegada carbônica dos trechos voados pelos Clientes é uma grande aliada para preservar o espaço aéreo, o meio ambiente e a vida na Terra.

Informações da GOL

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias