Ranking aponta as aéreas mais seguras do mundo em iniciativas contra Covid-19

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

O Safe Travel Barometer, banco de dados mais abrangente do mundo de protocolos de saúde e segurança para a COVID-19 e iniciativas de experiência do viajante, atualizou neste mês de novembro seu Safe Travel Score (Pontuação de Segurança de Viagem) para mais de 230 companhias aéreas em todo o mundo avaliadas em outubro.

Avião Airbus A380 Emirates
Airbus A380 da Emirates – Imagem: Vuxi / CC BY-SA

Safe Travel Score é uma iniciativa de classificação relacionada à COVID-19 criada após a recuperação da pandemia. Para as companhias aéreas, o ranking é baseado em uma auditoria independente de 26 medidas de saúde e segurança do viajante, junto com iniciativas de conveniência do viajante, excelência de serviço e experiência geral do viajante anunciada pelas companhias aéreas e por autoridades regulatórias e governamentais, para aliviar a ansiedade do viajante e aumentar a confiança.

Metodologia do Safe Travel Score evoluiu desde seu primeiro anúncio em agosto de 2020. O processo agora atribui pesos variáveis ​​a todas as iniciativas, dependendo de sua importância. Essas iniciativas são atribuídas a uma das três subcategorias listadas mais abaixo que, por sua vez, têm pesos diferenciais atribuídos a elas, com base em sua gravidade na tomada de decisão do viajante e na jornada real.

Os pesos agregados por subcategorias são acumulados para chegar ao Safe Travel Score final.

As várias iniciativas anunciadas pelas companhias aéreas são atribuídas a uma das seguintes subcategorias. Essas iniciativas têm um impacto direto ou psicológico na reserva do viajante e na decisão de viagem no ‘novo normal’:

  • Protocolos de segurança de COVID-19
  • Conveniência do viajante
  • Excelência no Serviço

Com base na avaliação de outubro de 2020, as companhias aéreas do hemisfério oriental ganharam uma vantagem considerável sobre suas contrapartes ocidentais.

A Emirates Airline, sediada nos Emirados Árabes Unidos, tem uma forte liderança sobre outras companhias aéreas, com um Safe Travel Score de 4,4 dos 5,0 pontos possíveis, tendo implementado várias iniciativas pró-viajante de saúde e segurança.

Além disso, a Emirates também possui algumas das políticas de alteração e cancelamento mais proativas e generosas, aumentando ainda mais a conveniência geral do viajante e a excelência do serviço. Isso inclui a máxima transparência na comunicação das medidas de segurança com os viajantes, como o uso obrigatório de máscaras faciais durante o voo, limpeza frequente dos banheiros durante o voo, e limpeza de toda a aeronave antes ou depois de cada voo.

Em julho de 2020, a Emirates se tornou a primeira companhia aérea do mundo a oferecer cobertura de seguro COVID-19 gratuita para todos os seus passageiros.

Outras companhias aéreas do Oriente Médio aparecem bem na tabela de classificação global, como a Etihad Airways com um Safe Travel Score de 4,3, seguida pela Qatar Airways com 4,2.

As companhias aéreas do Oriente Médio são as mais avançadas em termos de políticas de saúde e voltadas para o viajante, considerando seu papel na operação de voos de repatriação em todo o mundo. Suas iniciativas de segurança e serviço são frequentemente posicionadas com uma orientação de hospitalidade para construir confiança entre os viajantes antes, depois ou durante a viagem, o que é um grande diferencial em comparação com as transportadoras europeias e americanas.

No geral, 23 das 231 companhias aéreas avaliadas (10%) alcançaram um Safe Travel Score de 4,0 e acima. Entre elas, a Delta Airlines (4,1) foi a única companhia aérea americana a entrar na lista global. Outras companhias aéreas que figuram bem na tabela de classificação global incluem Iberia, Lufthansa, Air China e China Southern da IAG, todas com uma pontuação de 4,1.

À medida que a temporada de férias de aproxima em todo o mundo, os viajantes esperam que as companhias aéreas busquem ir além para mantê-los seguros durante suas viagens.

“Desde nosso último anúncio, aumentamos o número de iniciativas avaliadas para companhias aéreas e refinamos nossa metodologia para melhor representar o Safe Travel Score. A indústria e os viajantes agora podem avaliar a vantagem competitiva das companhias aéreas nas diferentes subcategorias que culminam no Safe Travel Score”, afirma Virendra Jain, cofundadora e CEO da Safe Travel Barometer.

Safe Travel Score, Empresas Aéreas Globais, outubro de 2020

Empresa AéreaPaísSafe Travel
Score
EmiratesEmirados
Árabes
4,4
Etihad AirwaysEmirados
Árabes
4,3
Qatar AirwaysCatar4,2
Air ChinaChina4,1
Air FranceFrança4,1
China Southern AirlinesChina4,1
Delta AirlinesE.U.A.4,1
IberiaEspanha4,1
LufthansaAlemanha4,1
Oman AirOmã4,1

Entre as companhias aéreas brasileiras, apenas a Gol e a ASTA foram avaliadas, mas ambas não ficaram bem classificadas, atingindo 2,7 e 1,5, respectivamente.

Para ver o ranking completo, acesse o Safe Travel Barometer clicando aqui.

Informações do Safe Travel Barometer

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Claudio Brito
Apaixonado por aviação desde o berço como filho de comissário de bordo, realizou o sonho de criança se tornando comissário em 2011 e leva a experiência de quase 10 anos no mercado da aviação. Formado Trainer em Programação Neurolinguística, conseguiu unir suas duas paixões, comunicação e aviação.

Veja outras histórias

Airbus entrega o 2000º avião da família A320neo

0
A companhia aérea indiana IngiGo, maior operadoras de jatos A320neo no mundo, recebeu a entrega da 2.000ª aeronave da família da Airbus