Relembre quando a Oceanair voava para Portugal com Boeings 767

Em 2007, a Oceanair Linhas Aéreas, que mais tarde se viria a usar a identificação visual de Avianca Brasil, voou com alguma frequência para Portugal, em sua única operação “mais regular” na Europa. Um vídeo desse tempo (abaixo, espere carregar) traz à recordação a época desses voos.

A companhia, na época, aproveitava que outras empresas nacionais, regulares ou não, demonstravam fragilidade e ensaiou um crescimento no mercado internacional. Para isso, a empresa trouxe dois widebodies do modelo Boeing 767-300ER, que viriam a ser os seus primeiros aviões de dois corredores, na mesma época, com a quebra da BRA, um terceiro 767 chegou a ser operado, mas por pouco tempo e com a pintura da operadora anterior.

Nesse momento, a empresa conseguiu fazer voos internacionais para destinos que incluíram México e também para Luanda, em Angola, atendendo a fretamentos de empreiteiras brasileiras que expandiam seus negócios no país e na África como um todo.

Outro destino da malha da Oceanair era Lisboa. A capital lusa recebeu voos da companhia partindo de São Paulo, Salvador, Recife e Natal, levando turistas em ambos os sentidos.

Os serviços eram organizados em parceria com um grupo de agências de viagens, que compravam sua cota de assentos nos voos e revendiam por meio de pacotes. A aeronave era configurada para 278 assentos, sendo 266 na classe econômica e 12 na executiva.

A rota para Lisboa a partir das cidades nordestinas não durou tanto, já que a operação se mostrou cada vez menos rentável, até que os planos foram sendo gradualmente eliminados. Até o final do ano de 2008, a Oceanair tinha aposentado as três aeronave e voltaria a voar internacionalmente só na fase Avianca Brasil.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias