Revelado o XB-1, protótipo do avião supersônico de passageiros Overture

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Avião Supersônico Boom XB-1 Rollout
XB-1 durante o rollout de hoje

A Boom Supersonic, primeira empresa privada a construir de forma totalmente independente um avião supersônico, apresentou hoje, às 14h00 do horário de Brasília, o XB-1, protótipo do futuro transportador de passageiros Overture.

Em uma cerimônia totalmente digital por conta da Pandemia, a Boom efetuou o rollout da aeronave de uma forma diferente. Enquanto na revelação tradicional os aviões costumam ser puxados de dentro de um hangar, a companhia o mostrou com um jogo tecnológico de luzes que revelou as bonitas formas aerodinâmicas da máquina, conforme você pôde ver no vídeo acima.

Embora o XB-1 seja um jato que comporta apenas o piloto, sua função é testar em voo todas as tecnologias desenvolvidas para o Overture, o jato supersônico para passageiros que a startup Boom planeja que será, por volta de 2029, o novo Concorde dos tempos modernos.

A Boom pretende começar a testar o XB-1 no ano que vem. O demonstrador deve atingir velocidades de Mach 1.3, graças aos seus três motores J85-15, que são fabricados pela General Electric, embora os propulsores do Overture ainda estejam sendo definidos.

Avião Supersônico Boom XB-1
XB-1 – Imagem: Boom Supersonic

Algumas características deste protótipo apresentado hoje incluem:

Formato: a fuselagem de 21 metros de comprimento do XB-1 foi perfeitamente moldada para eficiência aerodinâmica em alta velocidade.

Materiais: A fuselagem composta de carbono mantém sua resistência e rigidez, mesmo sob as altas temperaturas e tensões do voo supersônico.

Asa: A asa delta ogival equilibra a estabilidade em baixa velocidade nas decolagens e pousos com a eficiência em alta velocidade.

Propulsão: três motores J85-15, projetados pela General Electric, fornecem mais de 12.000 libras de empuxo, permitindo que o XB-1 voe em velocidades supersônicas.

Ergonomia do cockpit: a orientação e o feedback dos pilotos de teste do XB-1 desempenharam um papel fundamental no design do cockpit, que foi o produto de centenas de horas de testes de fatores humanos e usabilidade.

Sistema de visão frontal: o XB-1 aproveita uma câmera de vídeo de alta resolução e uma tela na cabine para dar aos pilotos uma janela virtual pelo nariz, proporcionando visibilidade superior da pista de pouso.

Para conhecer mais detalhes sobre o futuro Overture, do qual o XB-1 é precursor, você pode conferir a publicação que fizemos sobre o atual estágio de escolha dos motores de aeronave, clicando aqui ou na matéria logo abaixo.

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias