Início Aeroportos Rio Grande do Norte é o 2º do país em crescimento de...

Rio Grande do Norte é o 2º do país em crescimento de chegada de passageiros aéreos

Levantamento realizado pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte (RN), por meio da Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur), em parceria com a empresa europeia de Big Data ForwardKeys, revelou que a demanda por passagens aéreas domésticas no Brasil tem crescido substancialmente nas últimas semanas, especialmente para o estado nordestino.

Aeroporto Internacional de Natal – Imagem: Secretaria de Turismo do Rio Grande do Norte

Entre os destinos nacionais, o Rio Grande do Norte teve o segundo maior crescimento na emissão de passagens aéreas para chegadas até setembro, em relação ao período pré-pandêmico de 2019, sendo o primeiro do Nordeste.

“O resultado é fruto de muitas ações de promoção e apoio à comercialização do destino, pois sabemos que a emissão de bilhetes aéreos é um indicador importante a respeito do status da reativação do mercado. O Governo do RN está trabalhando, junto com todo o trade potiguar, para que esse crescimento seja cada vez mais consolidado, inicialmente no mercado doméstico, mas depois iremos avançar para o internacional”, contou Bruno Reis, responsável pela promoção do destino. 

Somente em junho deste ano, o Rio Grande do Norte obteve um aumento de mais de 200% em quantidade de passagens aéreas emitidas, considerando somente as viagens domésticas, nos quais as cidades de Belo Horizonte (423%) e Brasília (235%) registraram as maiores altas de envios de passageiros, porém, São Paulo continua correspondendo à maior fatia de visitantes que desembarcam no RN, com 44% do total.

Os principais pontos que definem a ida dos viajantes para o Estado são: a qualidade e quantidade de atrativos turísticos, a sua localização e as ofertas de mercado.

Movimentação no aeroporto

Em junho de 2021, o movimento de passageiros no Aeroporto Internacional de São Gonçalo/Natal voltou a atingir a casa dos seis dígitos, ultrapassando os 120 mil passageiros domésticos, somando embarques (62 mil) e desembarques (59,6 mil), e alcançou 80% da demanda de 2019.

O fluxo de passageiros do mês de junho foi aproximadamente 28% superior ao mês de maio. Esse é o segundo mês de crescimento consecutivo de movimentação de passageiros e aeronaves, tendência que deve ser mantida nos próximos meses.

Com informações do Governo do Rio Grande do Norte

Sair da versão mobile