Robinson certifica R44 Cadet e planeja versão do R66 para TV.

R44 Cadet

No último dia 06 de Maio, a Robinson recebeu certificação da FAA para a sua nova variante do R44, a versão Cadet que possui 2 lugares, contando com o piloto, ao invés dos 4 habituais.

Versão nova do R44 conta com o melhor do R22 no corpo de um R44, focando no mercado de instrução e transporte de pequenas cargas em locais remotos. Os bancos traseiros foram removidos, promovendo maior espaço para transporte de pequenos volumes e redução de peso. O peso bruto máximo foi reduzido para 2.200 libras (997kg) e a potência do motor para 210 cavalos na decolagem e 185 cavalos em potência contínua. O menor peso em relação ao R44 Raven I permitiu melhor performance em altas altitudes e em dias quentes, e a potência reduzida aumentou o período de inspeção do motor de 2.200 horas para 2.400 horas, reduzindo custos.

Quando questionado sobre introduzir uma versão de 2 lugares do R44, Kurt Robinson, Presidente e Fundador da Robinson Helicopters, disse: “A resposta é bem simples, nós fizemos tudo que podemos com o R22, e os pilotos – e as pessoas – ainda queriam mais. Eles queriam um R22, porém ainda queriam fazer um treinamento melhor de instrumentos, ou ter um ar-condicionado, ou fazer outras coisas, e francamente, nós levamos ao máximo o projeto dessa aeronave, e não queríamos transpor nenhuma margem de segurança.”

A baixa performance do R22 com equipamentos para voo com instrumentos (IFR), sempre foi motivo de reclamação entre pilotos em treinamento e veteranos, principalmente no Brasil, um país tropical com temperaturas altas na maior parte do ano. Agora o R44 Cadet pode ser uma opção mais viável, podendo vir de fábrica com ar-condicionado, sistema de aumento de estabilidade, piloto automático e já homologado IFR, items impensáveis no R22. O preço base do modelo básico do Cadet é de $339.000 dólares, e de $367.000 dólares na versão com flutuadores no ski.

A Robinson já está aceitando pedidos nos EUA, com estimativa de entrega de 10 a 12 semanas. O modelo ainda não foi lançado no Brasil, mas deverá ser em breve, já que a fabricante americana é líder de mercado com 31% da frota brasileira, totalizando 769 helicópteros dos modelos R22, R44 e R66 no país.

Nova versão do R66 Turbine deverá ser lançada em 2017

O R66 é o modelo mais potente da Robinson, basicamente uma versão do R44 equipada com motor à reação (turboeixo) ao invés de motor à pistão, permitindo maior potência. O modelo R44 encontrou um bom mercado no exterior e no Brasil com emissoras de televisão, uma vez que consegue levar uma câmera giro-estabilizada, piloto, repórter e operador de câmera mantendo um custo mais baixo. Porém tal função foi desenvolvida bem depois do lançamento da aeronave com certificação suplementar de oficinas aeronáuticas.

Agora a fábrica da Califórnia quer que isso seja uma opção de fábrica no R66, que contaria com um sistema electronic newsgathering – ENG. Este sistema seria equipado com transmissores e rádios além da câmera acoplada na fuselagem, permitindo uma transmissão de melhor qualidade e sem perda de sinal. 

Além da versão exclusiva para TV, a Robinson está prestes a lançar um gancho de carga externo para o R44, que poderia carregar até 1.200 libras (544kg). A versão seria um atrativo para combate a incêndio e içamento de cargas especiais. Este modelo deverá estar pronto e certificado um pouco antes da Heli Expo 2017, em Março próximo. 

Informações por VerticalMagazine.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Dois jatos Embraer E195 já estão voando na frota da Bamboo...

0
Dois jatos E195, da Embraer, iniciaram operações no Vietnã com a Bamboo Airways, oferecendo o primeiro serviço com jatos para Con Dao de Hanói