Rússia completa testes de túnel de vento do novo jato comercial CR929

O Instituto Aerohidrodinâmico Central da Rússia (TsAGI) concluiu uma série de testes de túnel de vento no novo programa de aeronaves de corpo largo CR929 que está sendo desenvolvido em conjunto pela russa United Aircraft Corporation (UAC) e pela chinesa Corporação Comercial de Aeronaves da China (COMAC).

CR929 avião escala modelo alta velocidade túnel de vento
Modelo em escala do jato CR929 – Imagem: TsAGI

Uma aeronave em escala 1:39 (ou seja, 39 vezes menor que o tamanho real) construída em modelo padrão de alta velocidade (HSM – High-Speed Standard Model) na configuração de fuselagem+asa foi testada por uma semana inteira no túnel de vento aerodinâmico T-128 em Zhukovsky, perto de Moscou.

Segundo o Russian Aviation Insider, o modelo HSM foi projetado como um esforço conjunto de especialistas em aerodinâmica da Rússia e da China. Testes similares do programa CR929 já foram realizados na China e na Europa.

“Uma série de testes em diferentes países nos permitiu acumular dados a partir dos quais podemos comparar corretamente os resultados. As informações que obtivemos são importantes para uma previsão mais precisa do desempenho aerodinâmico da aeronave CR929 em voo real”, explica Maxim Litvinov, designer-chefe do lado russo do programa.

Atualmente, os dados estão sendo analisados ​​por um grupo de trabalho formado por engenheiros russos e chineses que compilarão um relatório, cujos detalhes ajudarão a impulsionar o programa para a próxima etapa. Além das implicações práticas para as futuras aeronaves de corpo largo, os testes do HSM são de grande importância para a indústria aeroespacial russa em geral.

“Podemos comparar os resultados do mesmo modelo em diferentes equipamentos de teste em vários países. Esta é uma experiência sem precedentes para nós”, comenta Anton Gorbushin, chefe do laboratório aerodinâmico da TsAGI.

O jato CR929

Avião modelo CRAIC CR929 Rússia China
Modelo do CR929 – Imagem: Anna Zvereva [CC]

A versão base do CR929 de longo alcance, anteriormente chamado COMAC C929, foi projetada para transportar 280 passageiros por distâncias de até 12.000 quilômetros.

O CR929 tem como objetivo ganhar uma fatia do crescente mercado de bimotores de corpo largo e é particularmente focado nas rotas de longo curso atualmente dominadas pelo Boeing 787 e pelo Airbus A350.

O voo inaugural está programado para 2023, com previsão de aprovações de certificação entre 2025 e 2027.

CRAIC CR929 Mock-up Interior
Interior do moke-up do CR929 – Imagem: Sealle [CC]

O presidente da UAC, Yury Slyusar, já havia indicado anteriormente que o modelo até agora atraiu 200 encomendas. O programa, lançado em 2017, é um projeto conjunto Russo-Sino que está sendo desenvolvido pela CRAIC (Corporação Internacional de Aeronaves Comerciais China-Rússia).

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.