Ryanair fala que ajuda do governo português à TAP foi ilegal

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Ryanair
Boeing 737 da Ryanair © Divulgação

A companhia low-cost mais famosa da Europa, a Ryanair, afirmou que a ajuda dada à TAP pelo governo português é ilegal, e que irá à justiça para contestar o apoio financeiro.

Segundo a Reuters, a Ryanair afirmou que “irá contestar na Corte Europeia o apoio ilegal do estado à TAP, continuando sua campanha para uma concorrência justa em Portugal”.

A empresa é irlandesa, mas, devido ao acordo de céus-abertos e à desregulamentação aérea na Europa em 2006 com a criação da “Área Comum da Aviação Europeia”, a Ryanair pode operar voos domésticos em Portugal, assim como em outros países que não sejam a Irlanda.

Com isso, a empresa se tornou a maior no país lusófono depois da TAP, ficando com 16% de participação no mercado. Apesar disso, nenhum movimento existe por parte dos portugueses para ajudar a Ryanair, que também emprega tripulantes de Portugal em suas bases em Lisboa, Porto e nos Açores.

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Avião Embraer E195 Azul Linhas Aéreas

Belém e Boa Vista voltam a contar com voos diretos entre...

0
Os voos que haviam estreado na rota entre Belém (PA) e Boa Vista (RR) nos meses anteriores à suspensão da pandemia agora estão de volta.