Ryanair está próxima de encomendar uma centena de jatos Boeings 737 MAX 200

A empresa irlandesa de baixo-custo líder na Europa, Ryanair, pode estar próxima de aumentar sua encomenda de Boeings 737 MAX.

Segundo divulgou a Reuters, a empresa, que por muita vezes brigou com a Boeing sobre os atrasos na volta do 737 MAX e inclusive anunciou que não irá avisar os passageiros se o voo é ou não com o jato, agora parece ter ficado mais “calma”. A agência cita que fontes afirmaram que a empresa vai aumentar a sua encomenda em 75 jatos 737 MAX 200, chegando em 210 unidades.

O 737 MAX 200 é basicamente o MAX 8, porém com uma porta de saída de emergência extra, permitindo levar até 197 passageiros. Esta versão é um pedido exclusivo da Ryanair, que até agora só encomendou esta variante.

De qualquer maneira, a empresa já “disfarçou” o MAX 200, e o renomeou para 737-8200, retirando o termo MAX, tentando se afastar de toda sua publicidade negativa associada ao modelo de aeronave.

Com a boa notícia de uma possível grande encomenda, exatamente do seu modelo mais problemático e vindo da sua maior cliente europeia, as ações da Boeing começaram o dia em alta na Bolsa de Nova Iorque, subindo 2,30%.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Mais de 400 kg de barbatanas de tubarão são descobertos em...

0
A autoridade alfandegária apreendeu um total de 21 caixas de barbatanas de tubarão que estavam prestes a ser exportadas ilegalmente.