Satélite brasileiro embarca no Boeing 747 rumo à China

EXCLUSIVO

Decolou nesta madrugada de São José dos Campos no Vale do Paraíba o Boeing 747-400F levando o satélite sino-brasileiro para Pequim.

O satélite CBERS (China Brazil Earth Resources Satellite) foi produzido em parceria com o INPE – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

O ground handling foi feito por 19 funcionários da World Services Brasil e toda a logística do Brasil à China pela Vision Log. A aeronave escolhida foi o Boeing 747-400ERF da Air Bridge Cargo filial da Volga Dnepr da Rússia.

O planejamento da operação começou em abril e demandou trabalho já que o Aeroporto São José dos Campos recebe voos internacionais apenas com fins de translado no caso das entregas da Embraer, além de raras exceções.

A carga foi dividida em 15 pallets, sendo o satélite em si dividido em três contêiners: dois levando o “corpo” do satélite e mais um para as asas que permitem a órbita do mesmo.

Junto dos equipamentos o Boeing levou uma equipe da VisionLog para acompanhar o descarregamento em Pequim além de quatro engenheiros: dois do INPE e dois chineses.

Este é o sexto satélite feito em parceria com a China – o primeiro foi lançado em 1999 – e resultado do primeiro acordo de cooperação em alta tecnologia entre dois países do Sul, firmado em 1988.

O satélite servirá principalmente para monitoramento ambiental. A previsão de lançamento é para dezembro deste ano.

Veja outras histórias

Tripulantes da Voepass aprovam proposta da empresa sobre redução de salário...

0
O Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) emitiu uma nota em seu site na internet informando que, em votação online, os tripulantes