Sem conseguir vender avião presidencial, México avalia rifar seu Boeing 787 Dreamliner

Em um anúncio que mais parecia uma brincadeira, o governo do México revelou que pode rifar o avião presidencial Boeing 787.

A notícia vem após um ano de tentativas frustadas do novo presidente mexicano, Andrés Obrador, de tentar vender o Boeing. O jato do modelo 787-8 Dreamliner foi adquirido em 2012 pelo seu antecessor, Peña Nieto e, desde então tem sido alvo de polêmicas pelo seu custo alto, enquanto o país sofre com a pobreza.

Logo após assumir o cargo em 2018, Obrador afirmou que iria vender o jato e que usaria o dinheiro para construir hospitais e ajudar a população carente. Porém, não tem sido fácil vender o avião e até hoje ninguém se interessou seriamente, mesmo sendo um jato moderníssimo. A bem da verdade, o México recebeu duas propostas, mas elas foram recusadas por que os proponentes não passaram no processo de due dilligence (não foi detalhado o motivo, mas suspeita-se que sejam empresas ou governos de países sancionados).

Outro motivo para a baixa procura é que este 787 foi um dos primeiros produzidos, sofreu troca de motores e fez vários voos de testes pela Boeing. É como se fosse um “produto de vitrine/mostruário”, e isso o desvaloriza no mercado. Soma-se a isso o fato de que o avião está em configuração VIP, levando apenas 80 passageiros, com suítes e até chuveiro e resultaria num custo imenso para convertê-lo para uso nas companhias aéreas.

“E esse avião comadre?” “Ganhei numa rifa”

Solução na Lotérica

Charge com o rosto do presidente mexicano, vendendo a rifa na rua

Sem muitas opções, o governo do México agora valia outras saídas para o jato. Dentre elas está o subleasing (aluguel); uma permuta com os EUA, que mandariam médicos para hospitais em troca de uso do 787; e, por último, ir para as loterias. Neste último caso, o processo se daria através de uma rifa.

No total, seriam 6 milhões de bilhetes (cachitos) a serem comercializados pelas lotéricas do México. O preço de cada cachito ainda não foi definido, mas memes já surgiram do Presidente vendendo as rifas no sinal, assim como o ganhador guardando seu 787 em casa. O valor sugerido pelos memes é de 500 pesos mexicanos, em torno de R$111.

Por fim, entendemos que ganhar um 787 não seria nada mal, o problema é o tamanho da garagem, por isso, não vamos comprar o bilhete dessa vez.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Piloto é atingido por laser ao pousar seu avião em Chapecó-SC

0
O empresário, que estava pilotando sua aeronave particular, foi atingido por um raio laser no momento em que se aproximava para pouso.