Sem reabertura: os aeroportos que estão proibidos de terem voos internacionais

Aeroporto Salgado Filho © SECOPA – Prefeitura de Porto Alegre

Mesmo com a reabertura de fronteiras aéreas do Brasil para passageiros estrangeiros, alguns aeroportos ficaram proibidos de ter voos internacionais.

Conforme adiantamos em primeira mão, a reabertura das fronteiras aéreas vem após quase 120 dias de fechamento. Mas nem todas as fronteiras aéreas serão reabertas, sendo que alguns estados estarão proibidos de receberem voos internacionais, algo nunca visto no país.

Segundo a Portaria dos Ministério da Infraestrutura e da Justiça e Segurança Pública, alguns estados estarão proibidos de terem voos internacionais, sendo eles Paraíba, Rondônia, Rio Grande do Sul e Tocantins. Com isto os seguintes aeroportos foram afetados:

Rio Grande do Sul

  • Aeroporto Internacional Salgado Filho – Porto Alegre
  • Aeroporto Internacional de Pelotas

Paraíba

  • Aeroporto Internacional de João Pessoa

Rondônia

  • Aeroporto Internacional de Porto Velho

O estado do Tocantins não conta com aeroportos internacionais. O governo não explicou o porquê desta medida, mas afirmou que esta lista de aeroportos proibidos pode mudar a qualquer hora, a critério da ANVISA.

Como a decisão não é específica, qualquer voo internacional, mesmo de carga ou particular está proibido de pousar nestes estados.

A decisão tem validade imediata, e na prática não afeta nenhum voo previsto, já que o único aeroporto da lista que tinha voos internacionais regulares antes da COVID era Porto Alegre, que não recebe esse tipo de operação há alguns meses devido à própria pandemia e a queda na demanda.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias