Sem ticket, mulher embarca em avião e faz todos passageiros serem revistados

Uma mulher conseguiu embarcar em um voo sem ter comprado a passagem aérea e causou um grande transtorno, fazendo com que todos os passageiros do voo tivessem que desembarcar e reembarcar novamente.

Avião Airbus A330neo Delta Air Lines

O voo da Delta Air Lines partiria no último sábado (05) de Orlando para Atlanta, a bordo do Airbus A321 de matrícula N372DN, e a passageira sem cartão de embarque só foi descoberta quando um outro passageiro percebeu por acaso a suposta violação de segurança.

Segundo o passageiro, que não queria ser identificado, quando chegou em seu assento, a mulher estava em seu lugar e recusou-se a se levantar, dizendo: “Eu também tenho um cartão de embarque para esse assento. Não vou me mexer daqui.”

O passageiro disse à WFTV que pediu a uma comissária de bordo que viesse verificar a situação, e ela então notou que a mulher não estava listada no manifesto do voo (a lista oficial de todas as pessoas a bordo).

O piloto e a chefe da equipe de comissários tentaram convencer a mulher a levantar, mas não obtiveram sucesso.

Então, pediram seu cartão de embarque, e a mulher disse que havia jogado fora. Por fim, quando pediram sua identificação para conferir seu nome e verificar na lista do voo, ela lhes mostrou uma foto de si mesma em seu telefone.

O passageiro descreveu a conversa entre a mulher e a comissária de bordo:

“Bem, estou mostrando uma identificação com foto”, disse a mulher.

“Senhora, isso não é uma identificação emitida pelo governo. É uma foto”, disse a comissária de bordo.

“Mas isso é suficiente”, disse a mulher.

“Não, senhora, não é suficiente”, disse a comissária, “Você está violando a lei federal”.

Logo depois, o piloto chamou a polícia, que conseguiu remover a mulher. Ela teria deixado o avião xingando, e ainda causou uma confusão para todos os outros passageiros.

Veja também: vídeo mostra passageiro retirado à força de avião da Azul

“O piloto avisou que precisaríamos esperar um pouco, pois a senhora não estava cooperando com a TSA (Transportation Security Administration, agência de segurança de transportes dos Estados Unidos) e ela não tinha passagem para nenhuma companhia aérea”, disse o passageiro, “E que eles não conseguiram descobrir como ela chegou no avião”.

Então, os agentes e cães da TSA revistaram o avião por cerca de uma hora, e revistaram todos os passageiros e suas malas antes do voo decolar para Atlanta. Segundo informações do FlightRadar24, a decolagem ocorreu com um atraso de 3 horas e 5 minutos.

Radar Voo Delta 1516 Atrasado Passageira Sem Ticket
FlighRadar24 mostra o voo atrasado no último sábado

A TSA disse que a mulher foi rastreada, mas não forneceu mais informações. Ainda não se sabe como a mulher conseguiu entrar no avião sem um cartão de embarque ou documento de identidade.

A Delta divulgou um comunicado após o incidente.

“A Delta pede desculpas aos clientes do voo 1516 pelo atraso depois que uma pessoa sem bilhete de embarque para esse voo foi removida da aeronave. Os funcionários de segurança então realizaram nova revista de segurança para todos a bordo. A Delta está trabalhando com a polícia local e com a Administração de Segurança em Transportes em suas investigações e também estamos realizando nossa própria verificação”.

O tenente da polícia de Orlando, Wanda Miglio, que foi chamado para o aeroporto pouco antes das 10h30 depois de receber informações de uma “pessoa suspeita”, disse que a investigação estava em andamento e o FBI foi notificado sobre o incidente, informou a ABC News.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.