Sindicato de pilotos trava parceria de 210 rotas entre JetBlue e American

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Segundo a Reuters, pilotos da JetBlue, através do sindicato, votaram contra um acordo de parceria com a American Airlines. Pela regra atual da convenção coletiva, qualquer parceria, compra ou venda tem que ser votada pelos tripulantes. A Associação de Pilotos de Linha Aérea (ALPA) afirma que a JetBlue não deu garantia de manutenção de empregos, algo crítico durante a pandemia.

O impasse com os pilotos pode pôr em risco o acordo da JetBlue Airways com a American Airlines, que envolve o compartilhamento de voos em 210 rotas nas Américas. O temor entre os pilotos é que a parceria com a American acabe fazendo com que a JetBlue desista de algumas rotas domésticas, o que poderia colocar os empregos em risco.

O acordo já foi aprovado pelo Departamento de Transporte dos EUA, e agora só resta as aprovações internas de cada empresa antes de ser colocado em funcionamento. A JetBlue lamentou a negativa do acordo, mas não informou se irá fazer uma nova proposta ou irá desistir da parceria, algo bem improvável de acontecer.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Você sabia que o príncipe Philip era aviador e pilotou até...

0
Faleceu ontem um dos membros mais antigos da família real, que era veterano de guerra, mas também amante da aviação.