Singapura adota aplicativo IATA Travel Pass para viagens na pandemia

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Avião Airbus A380 Singapore Airlines
Imagem: Planenut / CC BY-SA

A partir de 1º de maio de 2021, os passageiros que viajam para Singapura poderão usar o IATA Travel Pass, aplicativo criado pela Associação Internacional do Transporte Aéreo (IATA, em inglês) para compartilhar resultados de testes contra COVID-19.

De acordo com a organização, os viajantes poderão informar a situação de saúde antes da partida, no check-in da companhia aérea em qualquer país, e também na chegada em Singapura, nos pontos de controle de imigração no Aeroporto de Changi.

A IATA informa que isso faz parte de uma colaboração contínua entre a Autoridade de Aviação Civil de Singapura (CAAS) e a associação, para facilitar uma viagem tranquila e eficiente por meio de certificados digitais de testes de COVID-19.

“Ter a confiança de um líder da aviação como Singapura para aceitar o IATA Travel Pass é extremamente significativo. Os testes em andamento nos colocam no caminho certo para que o IATA Travel Pass seja uma ferramenta crítica para o reinício do setor, fornecendo credenciais verificadas de saúde em viagens aos governos”, disse Willie Walsh, novo diretor-geral da IATA.

Para o executivo, a segurança sobre o sigilo dos dados dos usuários é uma das premissas da ferramenta. “Os viajantes podem ter total confiança de que seus dados pessoais estão seguros e sob seu próprio controle. O sucesso de nossos esforços conjuntos fará da parceria da IATA com o governo de Singapura um modelo a ser seguido por outros”, completou.

O diretor-geral da CASS, Kevin Shum, disse que o recurso será um instrumento importante para a retomada da aviação mundial. “Construímos nossa parceria de longa data e profunda com a IATA para desenvolver soluções que facilitem as viagens. Esta colaboração mais recente demonstra nosso compromisso compartilhado de impulsionar a adoção de certificados de saúde digitais e restaurar as viagens aéreas internacionais”, declarou Shum em comunicado conjunto para a imprensa.

Shum destaca que o aplicativo não será o único recurso de gestão de dados para a segurança sanitária dos voos no processo de retomada. “Enquanto buscamos reconstruir com segurança o hub aéreo de Changi, continuaremos a explorar outras soluções que podem fornecer meios igualmente seguros e verificáveis ​​de compartilhamento de certificados de saúde para viagens internacionais seguras”, disse.

Para a IATA, que representa cerca de 290 companhias aéreas em todo o mundo, compreendendo 82% do tráfego aéreo global, os certificados digitais de saúde serão um recurso fundamental no futuro das viagens aéreas. “O IATA Travel Pass é uma solução de carteira digital segura pessoal que pode ser usada pelos passageiros para obter e armazenar os resultados dos testes de COVID-19 de laboratórios credenciados”, disse a organização, em nota à imprensa.

Os viajantes para Singapura que pretendem usar o IATA Travel Pass devem verificar com a companhia aérea com a qual estão viajando a elegibilidade para usar o IATA Travel Pass. Até o momento, mais de 20 companhias aéreas em todo o mundo já anunciaram testes do IATA Travel Pass.

Informações da IATA

Fabio Farias
Jornalista e curioso por natureza. Passou um terço da vida entre aeroportos e aviões. Segue a aviação e é seguido por ela.

Veja outras histórias