Sinta-se no cockpit de um jato da Qyon com visão 360º na corrida aérea de Reno

O vídeo publicado pela equipe Qyon, de um empresário e piloto brasileiro, foi gravado com tecnologia 360º para você mesmo poder virar a câmera.

Cena do vídeo que você assiste a seguir nesta matéria

Recentemente, vimos aqui no AEROIN que um empresário e piloto brasileiro lançou uma equipe de esportes aéreos, a Qyon Aero Sports, formada por dois jatos militares S211 SIAI Marchatetti, um jato Aero L-39 Albatros, um avião acrobático modelo XtremeAir Sbach 342 (XA42) e outro do modelo Extra NG, além de um jato executivo.

O idealizador é Mauricio Frizzarin, CEO da Qyon – empresa de Americana (SP) com foco em tecnologia de softwares com aplicações de inteligência artificial, robot, Machine Learning e Big Data para gestão empresarial.

Lançada no primeiro semestre deste ano nos Estados Unidos, mais especificamente durante o evento Sun’n’Fun na Flórida, a equipe já se destaca no cenário dos eventos aéreos americanos, com diversos convites para participações nos shows, e tem planos de uma turnê pelo Brasil em 2022.

Imagem: Qyon Aero Sports

Enquanto isso, os pilotos seguem não apenas se apresentando nos shows aéreos, mas também participando de competições, como é o caso da tradicional Reno Air Race, também conhecida como o National Championship Air Races (Campeonato Nacional de Corridas Aéreas), um evento de vários dias adaptado à comunidade da aviação que acontece todo mês de setembro no Aeroporto Reno Stead, em Nevada.

E durante a disputa, a Qyon aproveitou para fazer uma gravação em 360 graus a bordo do jato S-211, enquanto o piloto Scott Farnsworth voava a 800 km/h na competição. Uma experiência incrível em que você, ao assistir, pode movimentar a câmera.

No vídeo a seguir, se você estiver assistindo por um dispositivo móvel compatível, poderá girar o dispositivo para apontar a câmera para onde quiser: para o piloto, para a frente, para os aviões ao redor, etc. Se estiver em um computador, poderá utilizar o ponteiro do mouse para clicar sobre a cena e arrastar para fazer a movimentação da câmera:

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Piloto mostra voo em que o motor se partiu pouco depois...

0
No momento em que se nota o motor falhando, com certa vibração na aeronave, o piloto comenta que não deveria ter tentado fazer o que fez.