Início Empresas Aéreas SKY Peru inicia expansão internacional com 13 destinos, inclusive no Brasil

SKY Peru inicia expansão internacional com 13 destinos, inclusive no Brasil

Sky

A companhia aérea peruana Sky Airline Peru, subsidiária da empresa chilena de mesmo nome, está dando início a uma grande expansão internacional e já obteve autorização do governo peruano para operar 13 destinos na América do Sul, partindo de sua capital, Lima.

Apesar de ter iniciado operações em abril de 2019, a empresa low-cost chilena chega ao Peru em um bom momento e tem grandes planos de fazer frente à Latam e à Avianca, sobretudo após os vários reveses da última no mercado sul-americano, o que acabou deixando em aberto oportunidades para novos concorrentes. Além disso, os tropeços da Peruvian Airlines, cujas operações foram suspensas recentemente, também suportam os ensejos da Sky em conquistar uma ampla fatia do mercado.

Assim, se aproveitando do momento de ouro, empresa solicitou e teve aprovados pelo governo de seu país treze novos destinos, os quais agora serão solicitados a cada um dos países de destino, incluindo o Brasil. Veja abaixo os destinos que a empresa pretende voar partindo de Lima:

  • Bogotá – duas vezes por dia
  • Quito – diário
  • Guayaquil – diário
  • La Paz – diário
  • Santa Cruz de la Sierra – diário
  • São Paulo – diário
  • Rio de Janeiro – diário
  • Montevidéu – diário
  • Miami – duas vezes por dia
  • Cancun – duas vezes por dia
  • Cidade do México – diário
  • Punta Cana – duas vezes por dia
  • Cidade do Panamá – diário

Após receber a aprovação de cada um dos países, a SKY deve começar a divulgar sua tabela de voos com os respectivos horários das operações.

Sky Airline no Brasil

A companhia aérea foi uma das primeiras low-cost sul-americanas a desembarcarem no Brasil em novembro de 2018 e, desde então, opera voos regulares entre Santiago do Chile, São Paulo e Rio de Janeiro, além de voos sazonais para Florianópolis e Salvador. As rotas para o Brasil são operadas com a nova frota de aeronaves A320neo.

As novas operações do Peru para São Paulo e Rio de Janeiro ainda não foram solicitadas à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) do Brasil.