TACV muda nome e marca para Cabo Verde Airlines

A companhia aérea cabo-verdiana, TACV, mudou o seu nome e a sua marca. Agora, a companhia africana passa a voar com o nome Cabo Verde Airlines. Segundo a administração da empresa a ideia é reforçar a ligação da transportadora aérea nacional com o país.




O novo avião de longo curso que, de acordo com Mário Chaves, CEO da Cabo Verde Airlines, deve chegar ao país nos próximos meses, vai trazer já estampada a nova marca. É esperado que a aeronave seja mais um Boeing 757 transferido da Icelandair, que atualmente administra a companhia e é responsável pela reestruturação da mesma.

Segundo o Presidente do Conselho Administrativo, José Luís Sá Nogueira, a marca que já existia “agora foi reforçada” com vista a estar cada vez “mais ligada” a Cabo Verde e as atuais cores foram inspiradas nas da “natureza, casas, bandeira e outros elementos que refletem as ilhas do país. Esta nova imagem espelha os novos valores e missão da companhia” afirmou Sá Nogueira.

A companhia começou em fevereiro a comercializar as tarifas stop-over entre Portugal e Brasil. Este tipo de tarifa permite que o passageiro viaje entre os dois países, e faça uma parada de até 7 dias em Cabo Verde sem custo adicional, seja no trajeto de ida ou de volta. A tarifa já está disponível para voos saindo de Fortaleza e Recife para Lisboa com parada na Ilha do Sal.

Além disso, o CEO da Cabo Verde Airlines confirmou para junho a abertura de uma nova rota para Salvador, com ligações a Milão, Paris e Lisboa. Aidna segundo o CEO, neste momento há o reforço de atividades no mercado brasileiro, com aumento nos voos para Recife e Fortaleza.

Com informações do jornal Económico Cabo Verde

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos