Southwest transforma em pedidos firmes mais 34 unidades do menor dos Boeing 737 MAX

Boeing Delivery Center 737 MAX Southwest
Imagem: Divulgação / Boeing

A Southwest Airlines disse nessa terça-feira (8) que está aumentando seu pedido do menor modelo do Boeing 737 MAX, o MAX 7 em mais de três dezenas de aviões, citando uma melhora na demanda por viagens. A low-cost será a maior operadora do MAX 7 no mundo.

A companhia aérea com sede em Dallas disse que exercerá suas opções de compra para aumentar seus pedidos firmes de 737 MAX 7 em 34 aviões, elevando sua carteira total de pedidos desse avião para 234. A empresa aérea também tem pedidos de 149 MAX 8 a serem entregues até 2031, quando a empresa pretende aposentar os 737 mais antigos.

A Southwest espera que seus gastos de capital em 2022 totalizem US$ 1,5 bilhão, acima de uma estimativa anterior de US$ 700 milhões. No entanto, a empresa disse que espera que a demanda e a receita continuem a melhorar em julho, conforme os turistas voltem às viagens aéreas, elevando as tarifas de lazer para os níveis de 2019.

A previsão é que a receita de junho cairá 20% em comparação com 2019 e que as vendas de julho ficarão 15% a 20% menores do que há dois anos.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Mostarda vira fonte para fazer combustível de aviação que reduz emissões...

0
A espécie de mostarda se chama Brassica carinata, uma cultura de sementes oleaginosas não comestíveis. Saiba os detalhes.