‘Sully’, a história do A320 que pousou no Rio Hudson, chega ao Netflix

Um dos filmes obrigatórios para quem gosta de aviação está agora disponível na Netflix. Em “Sully, o Milagre do Rio Hudson” podemos desfrutar de continuar colocando nossos sentimentos à prova em uma das reviravoltas mais incríveis da história da aviação.

Sully Netflix

Dirigido por Clint Eastwood, o filme é baseado na história do capitão Chesley “Sully” Sullenberger, um piloto que se tornou um herói após pousar no Rio Hudson, em Nova Iorque, salvando as vidas de mais de 150 passageiros.

Em 15 de janeiro de 2009, o capitão Chesley Sullenberger teve que usar de toda sua experiência para decidir em poucos segundos o destino do voo US Airways 1549, depois que ambos os motores da aeronave foram atingidos por pássaros. Sete anos depois, o filme foi lançado com o super astro Tom Hanks no papel-principal. Assista ao trailer.

O principal foco do filme é na investigação da Agência Nacional de Segurança do Transporte (NTSB), o desenvolvimento do acidente e o envolvimento de todos os membros da tripulação, um dos pontos-chave o NTSB investigar todos os fatores possíveis quer contribuíram para o acidente, bem como os pensamentos do piloto. Nos meses seguintes ao acidente, e mesmo tendo salvado dezenas de vidas, Sullenberger disse que não tinha certeza de que tomou a decisão certa.

No final, durante os créditos, você pode ver as fotografias reais do fato e uma palavra do próprio capitão Chesley Sullenberger, juntamente com os passageiros do voo 1549.

Fica a dica.

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.