Início Acidentes e Incidentes Suposto comissário fora de serviço tenta abrir porta de avião em voo

Suposto comissário fora de serviço tenta abrir porta de avião em voo

Uma confusão a bordo de um voo da Delta Air Lines ocorreu, fazendo com que a tripulação desviasse de sua rota, após um passageiro da primeira classe tentar abrir uma das portas de saída da aeronave em pleno voo.

Cena do vídeo que você verá logo abaixo

A ocorrência aconteceu a bordo do voo de número DL1730, operado por um Airbus A321, que estava realizando a rota de Los Angeles até Atlanta na última sexta-feira, dia 11 de junho.

Segundo informações do Paddle Your Own Kanoo, testemunhas que estavam a bordo do voo disseram que a pessoa seria um comissário de bordo que estava a bordo como passageiro, e que entrou na aeronave vestindo um capacete branco. Em determinado momento do voo, ele teria alegado que o passageiro que estava ao seu lado era um terrorista.

A partir disso, a confusão teria começado quando o comissário suspeito se dirigiu até o sistema de áudio da aeronave e comunicou para os passageiros que todos permanecessem sentados à espera das máscaras de oxigênio.

Um vídeo filmado por um dos passageiros mostra a confusão generalizada para conter o comissário, próximo à saída de emergência na parte dianteira da cabine, que ainda está com as luzes apagadas diante do voo noturno. Também é possível ouvir gritos de socorro, para que outros passageiros possam ajudar na confusão.

O passageiro Benjamin Curlee, um diretor de fotografia e editor que estava a bordo do voo, comentou, em um vídeo gravado após seu desembarque, que o comissário tentou abrir a porta da aeronave logo depois de ter feito o anúncio no sistema de áudio.

O comandante declarou emergência e desviou a aeronave para o Aeroporto Internacional Will Rogers, na cidade de Oklahoma. Todos os passageiros que auxiliaram na contenção saíram da aeronave e uma equipe de policiais utilizaram cães farejadores para fazer uma varredura a bordo do A321. Após algum tempo, todos embarcaram novamente e o voo seguiu normalmente para Atlanta.

Apesar da suposição de que o homem seria um comissário de bordo fora de serviço, sua ação leva a crer que talvez ele não seja realmente um comissário, ou que estava mentalmente transtornado, afinal, tripulantes em sã consciência sabem que não é possível abrir uma porta em pleno voo.

Esta ocorrência aconteceu uma semana após um passageiro tentar invadir a cabine de comando de um avião da Delta Air Lines que seguia de Los Angeles a Nashville. Relembre esta matéria abaixo: