Surpreendente: Lufthansa pode estar a um passo de remover todos os A380

A empresa aérea alemã Lufthansa pode estar a apenas um passo de decidir pela remoção dos Airbus A380 de sua frota de maneira permanente e como parte do right-sizing que prevê a retirada de cerca de 100 aeronaves em todo o grupo até 2023. Essa possibilidade foi trazida em matéria da Bloomberg na quinta-feira (10), com base em fontes anônimas e não foi confirmada oficialmente pela empresa aérea.

Segundo os planos, a Lufthansa aposentaria todos os 14 Airbus A380, a maior parte dos 34 A340 (mantendo os A340-600 mais jovens) e todos os seus sete Boeing 747-400. Da categoria de “jumbos”, continuariam na frota apenas os 19 Boeing 747-8I. Além dessas grandes aeronaves, também seria aposentada uma seleção de aviões de corpo estreito (narrow bodies).

A remoção de aeronaves quadrimotoras, que consomem muito mais combustível do que bimotores de alta capacidade, tem sido um movimento natural na aviação dos últimos anos, mas foi acelerado pela pandemia e a consequente queda drástica na demanda por viagens. No entanto, a retirada dos A380 causa surpresa, uma vez que a Lufthansa voa algumas das rotas mais densas do mundo (em números pré-pandemia).

Dos 14 A380 na frota da Lufthansa, sete estão estocados em uma região de clima seco da Espanha e outros sete estão em Munique e Frankfurt. A expectativa era que as aeronaves voltassem a voar em cerca de dois anos, mas talvez isso não aconteça.

Os cortes na frota vêm junto com as demissões massivas em todas as empresas do grupo, podendo chegar a até 22 mil pessoas. A reestruturação faz parte da necessidade da Lufthansa se adequar às regras por ter aceitado o empréstimo de € 9 bilhões em ajuda estatal para sobreviver. 

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

CR929: concorrente sino-russo do Boeing 787 começa a ser produzido nesse...

0
Está marcada para esse ano de 2021, em data a confirmar, o início da produção da aeronave de longo alcance CR929, desenvolvida em conjunto