TAP Air Portugal não renovará contrato de mais 300 funcionários

A TAP Air Portugal está planejando não renovar o contrato de mais de 300 funcionários nos próximos meses, como medida do seu plano de reestruturação. A empresa portuguesa foi salva pelo governo com um pacote bilionário durante a crise gerada pelo coronavírus na aviação, mas isto não deve evitar mais demissões, que hoje chegam em 600.

Segundo o periódico Expresso.pt, as reduções de mais 300 funcionários nos próximos meses estão no plano de right-sizing da companhia para os novos tempos, o que é uma exigência da União Europeia sempre que o Estado salva uma companhia privada. As áreas de atuação destes empregados não foram reveladas.

Antes da pandemia, a empresa contava com 10.600 funcionários, mas quer fechar o ano na casa dos 9 mil colaboradores.

Os sindicatos locais teriam conversado com a empresa pra evitar estas demissões involuntárias, seja com planos de demissão incentivada ou licenças não-remuneradas de longo prazo, mas as conversas foram infrutíferas até o momento.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Executivos da Nella Linhas Aéreas serão revelados em LIVE na quinta-feira

0
Executivos da Nella Linhas Aéreas são convidados do canal TFF do Youtube para uma entrevista ao vivo na quinta-feira, 24 de setembro, a partir das 18 horas.