TAP Air Portugal recebe a 30ª aeronave nova de fábrica somente em 2019

Avião Airbus A330neo TAP
CS-TUA, o A330neo que já voou anteriormente

Como parte de um grande processo de transformação desde que a companhia aérea foi privatizada, a TAP Air Portugal vem trabalhando na renovação constante de sua frota. Somente nesse ano, a empresa recebeu 30 aeronaves novas de fábrica. Em paralelo, a última aeronave de longo curso com cabine antiga foi aposentada nessa semana.

Isso torna a TAP uma empresa com uma das mais recentes frotas de longo curso do mundo. Há um ano, a idade média da frota de longo curso era de 15 anos e agora é de apenas 3,9 anos. Uma nova frota proporciona maior satisfação do cliente, menor consumo de combustível e maior eficiência operacional e ambiental, permitindo que mais passageiros sejam transportados para novos mercados e destinos.

Novo serviço

Isto significa que todos os passageiros intercontinentais da TAP terão agora uma experiência consistente com os mais elevados padrões de serviço e conforto, garantindo uma enorme melhoria no NPS (Net Promoter Score), um método através do qual os clientes mostram como eles estão satisfeitos.

As novas aeronaves de longo curso da TAP oferecem aos passageiros um sistema de entretenimento de ponta, conexão Wi-Fi com mensagens de texto gratuitas e o A330neo todos têm um espaço aéreo moderno e sofisticado pela cabine Airbus.

NEOs na TAP Air Portugal

Nos últimos três anos, novas aeronaves NEO chegaram à TAP e a geração anterior de aviões foi gradativamente saindo, enquanto os interiores dos outros foram adaptados. Este processo de modernização da frota entrará na história da aviação civil como sendo uma das transformações mais rápidas da frota do mundo.

Há um ano, a TAP tinha quatro Airbus A340 e 17 A330ceo em sua frota de longo curso. A frota de longo curso é agora composta por 17 Airbus A330neo, quatro Airbus A321 LR e sete Airbus A330ceo com interiores de cabine completamente adaptados e padronizados.

Quando as pessoas falam sobre a TAP hoje, elas falam sobre aeronaves novas, mais eficientes e mais competitivas que aumentam a satisfação do cliente, atraem mais passageiros, abrem novos mercados e aumentam o número de voos e sua rentabilidade.

Carlos Roman
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

American Airlines retira mãe do avião porque bebê não quis usar...

0
A American Airlines está sendo acusada de expulsar uma mãe e seu filho de dois anos de um voo após a criança se recusar a usar a máscara.