Táxi voador Velocity decolará hoje em Le Bourget, Paris

Volocity – Imagem: Volocopter

Um táxi voador decolará em Le Bourget, Paris, nesta segunda-feira, 21 de junho, antes de fazer outros testes daqui a poucas semanas, com objetivo de uma demonstração prática durante os Jogos Olímpicos de Paris em 2024.

O Volocity decolará hoje no aeródromo de Bourget, em Seine-Saint-Denis, por ocasião do Paris Air Forum. Este voo de teste irá preceder testes mais aprofundados e detalhados que acontecerão algumas semanas depois em Pontoise-Cormeilles-en-Vexin no Val-d’Oise.

Com o horizonte de voos de demonstração nos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Paris em 2024, o grupo Aéroports de Paris (ADP), a Régie autonome des transports parisiens (RATP) e a região da Ilha-de-França uniram forças para esse fim em torno do referido aeródromo. O objetivo é preparar o transporte para uma oferta comercial que pode começar em 2030.

Desenvolvido pela startup alemã Volocopter, o Volocity está localizado a meio caminho entre o drone e o helicóptero. Totalmente elétrico, o projeto foi apresentado pela primeira vez há dois anos em Cingapura e é equipado com 18 motores e 9 baterias, podendo transportar um piloto e seu passageiro por cerca de trinta quilômetros a uma velocidade de cerca de 100 km/h.

A startup alemã já está alguns passos à frente de seus concorrentes, uma vez que o Volocity está em processo de certificação pela EASA, a Agência Europeia para a Segurança da Aviação. Para Patrick Ky, seu diretor executivo, os primeiros táxis voadores poderiam entrar em serviço dentro de três a quatro anos.

VoloDrone

Além do Volocity, a Volocopter também está em avançado estágio de desenvolvimento de seu drone de transporte de cargas VoloDrone.

VoloDrone – Imagem: Volocopter

Na última sexta-feira, 18 de junho, o drone de carga pesada foi apresentado na Conferência Nacional de Aviação (Nationale Luftfahrtkonferenz) no Aeroporto Berlin Brandenburg, onde vários políticos federais alemães e representantes da indústria da aviação viram o VoloDrone pela primeira vez.

O exemplar exibido no local na Conferência Nacional de Aviação é uma aeronave de teste da Volocopter com um contêiner de transporte de amostra da DB Schenker.

O drone tem 9,15 metros de diâmetro e 2,15 metros de altura, e em operação comercial poderá percorrer distâncias de até 40 quilômetros. A aeronave pesa 600 quilos e tem capacidade de carga útil adicional de até 200 quilos. As operações do drone serão totalmente elétricas com recursos autônomos além da linha de visão visual (BVLOS).

O primeiro voo ocorreu em 2019. Desde então, testes regulares de voo foram realizados em vários campos de aviação no sul da Alemanha. As futuras aplicações logísticas para o drone de carga pesada incluem lugares que são difíceis ou mais lentos de alcançar por outros meios, como ilhas, entregas terra-a-navio, transporte para regiões montanhosas ou lugares isolados de redes rodoviárias após desastres naturais. As entregas dentro da cidade também são casos de uso plausíveis.

Com informações da Volocopter

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias