Terceiro Boeing 737 da Modern Logistics entra em operação

A terceira aeronave da MODERN Logistics já está em operação. Com o aumento da capacidade de carga, a empresa fortalece a plataforma logística e abrirá voos regulares de acordo com a demanda da indústria.




A aeronave recém-chegada é o 737-300F de matrícula PP-YBC, que iniciou suas operações pela British Airways como aeronave de passageiros e, após passar por mais 6 companhias aéreas, foi convertido para cargueiro e entregue à MODERN. Além do YBC, a companhia com base em Viracopos já possui outras duas aeronaves, porém do modelo Boeing 737-400F, de matrículas PP-YBA e PP-YBB. A companhia ainda tem mais um -300F a ser entregue em breve, que receberá a matrícula PP-YBD.

Além da chegada da aeronave, a MODERN conta hoje com armazéns em importantes polos no Brasil e mais uma gama estratégica de parceiros rodoviários. Todos integrados à inteligência tecnológica, para oferecer visibilidade total dos produtos armazenados e em trânsito.

“O novo integrante da frota entra em operação imediatamente no atendimento customizado aos nossos clientes e reforça a plataforma que criamos para atender o mercado brasileiro com soluções nunca pensadas antes”, disse Gerald Blake Lee, CEO da MODERN. Segundo ele, a companhia surgiu com a intenção de alavancar a expansão da indústria por todo o país, com a oferta de soluções logísticas “tailor made”, capazes não só de atender demandas existentes, mas de inovar nas operações e fomentar novos negócios e novos mercados.

Imagem: Modern Logistics

 
Informações pela Assessoria de Imprensa da Modern Logistics.
 

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduado em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Companhia aérea causa polêmica ao adotar crachá tóxico anti-COVID nos uniformes

0
A Mahogany Air divulgou que a sua tripulação utiliza em suas roupas uma tecnologia que purifica o ar ao redor e elimina o novo coronavírus.