Time de certificação da EASA participará dos voos de teste do MC-21-300

Dois pilotos de testes e um engenheiro de voo da Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA) concluíram os procedimentos de treinamento e obtiveram permissão da Rússia para voar para a campanha de certificação das aeronaves Irkut MC-21-300.




Avião Irkut MC-21-300
Irkut MC-21-300 – Foto: Denis Fedorko

Na primeira etapa do treinamento, os especialistas da EASA estudaram o projeto MC-21-300 e o Manual de Operação da Tripulação de Voo. Os procedimentos descritos abaixo foram realizados nos simuladores e bancadas de teste:

– decolagem, aproximação e pouso utilizando sistemas de aterrissagem e aproximações visuais;
– qualidades e características de controlabilidade das aeronaves MC-21-300 em vários modos de controle em todo o envelope de voo (faixa de altitudes operacionais admissíveis, velocidades, pesos e centros de gravidade);
– ações em caso de emergência;
– aproximações de altos ângulos de ataque, com aviso do alarme de stall.

Após a conclusão do treinamento teórico e do simulador, os especialistas da EASA realizaram seus voos de familiarização. Durante os vôos eles ganham familiaridade com as características básicas da estabilidade e controlabilidade da aeronave, abordagem de pouso e arremetida, incluindo simulação de falha de um motor.

A formação teórica e prática dos especialistas da EASA foi fornecida por pilotos de teste e engenheiros da Instalação de Testes de Voo do Yakovlev Design Bureau, filial da Irkut Corporation.

A participação de equipes de teste da EASA nos voos da nova aeronave é um pré-requisito para a sua validação pela EASA.

 
Informações pelo Aviator.
 

Decola pela primeira vez o jato russo Irkut MC-21-300.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Edelweiss Air planeja retomada dos voos ao Rio de Janeiro em...

0
Há quase um ano, em 13 de março de 2020, a Edelweiss Air operava seu último voo regular entre Zurique e o Rio de Janeiro devido à pandemia.