Tiroteio em Viracopos ao lado de avião Boeing 767 que levaria carga de valor

Em mais uma tentativa de assalto ao Aeroporto de Viracopos, bandidos invadiram pista do aeroporto para roubar carga de valor de um Boeing 767.

Boeing 767 Viracopos UPS
Boeing 767 e assalto ao lado

O caos geral foi instalado quando bandidos invadiram o Aeroporto de Viracopos em Campinas. Armados com fuzis e utilizando (aparentemente) de viaturas da Força Aérea Brasileira falsificadas, o bando tentou roubar carga de valor que iria ser carregada no Boeing 767 da UPS.

A aeronave de matrícula N327UP estava a ser carregada para decolar para Bogotá, quando o assalto aconteceu. Não está claro ainda qual era a carga, mas ao que tudo indica os bandidos entraram pela pista/pátio de maneira similar ao assalto ao MD-11F da Lufthansa no ano passado.

A carga de valor estaria sendo transportada pela BRINKS, tradicional empresa de transporte de valores. Pelos vídeos que circulam na web é possível ver bandidos abordando os carros-forte da empresa logo na frente do Boeing 767.

Até o momento foram reportados duas pessoas baladas, sendo dois seguranças da empresa GPS, que presta serviço à concessionária Aeroportos Brasil Viracopos.

De acordo com a Band News, os bandidos não conseguiram roubar a carga e fugiram. As buscas continuam na região. Até o momento de publicação desta matéria o Aeroporto continua FECHADO para decolagens apenas (12:30). A única exceção foi o próprio 767 da UPS que já partiu para Bogotá.

Outras imagens apontam que as viaturas falsificadas da FAB eram do modelo Mitsubishi L200 Triton. A réplica foi muito bem feita como podemos ver nas fotos abaixo e também na foto da viatura original fotografada em Brasília pela Autos – Brasil. As diferenças ficam por conta do tom de azul, cor das calotas e o estepe lateral. A placa e número de identificação da Força são os mesmos.

Bloqueio de estradas

Para tentar atrapalhar a Polícia e criar uma cortina de fumaça, os bandidos roubaram duas carretas e bloquearam a Rodovia Santos Dumont (SP-075) em ambos os sentidos. O bloqueio ocorreu ao lado da cabeceira 33 do Aeroporto, logo acima do retorno que dá acesso ao Parque Corporativo Bresco, onde fica a Universidade da Azul Linhas Aéreas e a John Deere.

Boeing 767 Viracopos
Ponto de Bloqueio com caminhões circulado em vermelho © Google Maps

Diversas pessoas que trabalham em Viracopos informaram ao AEROIN que todos os funcionários e tripulantes que trabalham no aeroporto estão bem, com exceção claro dos seguranças baleados.

A rodovia continua bloqueada até o momento dado a dificuldade de retirar as duas carretas que também foram incendiadas pelos criminosos.

Aeroporto continua fechado

Logo após o início do tiroteio entre criminosos, Polícia Federal e seguranças da GPS, o Aeroporto foi evacuado. Todo o lado ar (após o raio-x) foi esvaziado, e todos os passageiros e funcionários agora se concentram no saguão do aeroporto.

Diversos voos da Azul Linhas Aéreas, que tem o seu maior hub no Viracopos, estão atrasados ou cancelados.

A Azul informou em nota que em função do ocorrido na manhã de hoje no aeroporto de Viracopos, alguns voos da Azul registraram atrasos nos pousos e decolagens em Campinas. A Azul ressalta que o aeroporto já foi reaberto, mas lamenta eventuais aborrecimentos ocorridos a seus Clientes. A companhia reforça também que está prestando toda a assistência necessária, conforme prevê a resolução 400 da Anac.

Até o momento o acesso ao aeroporto continua fechado. Recomendamos caso você tenha voo em Viracopos hoje, verificar o status do voo na companhia aérea, além de acompanhar o noticiário pela TV e internet, e o trânsito pelo aplicativo Waze.

Esta matéria será atualizada a medida que recebermos novas informações

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos