Comandante Sully é vivido por Tom Hanks em longa de Clint Eastwood.

Um filme baseado em fatos que promete contar a história por trás do ‘milagre’ do Rio Hudson. Em 2009, um Airbus 320 sofreu a perda de potência nos dois motores, devido à ingestão de pássaros logo após a decolagem.

O comandante Chesley Sullenberger (ou Sully), ficou conhecido internacionalmente após salvar o voo 1549, da US Airways, demonstrando frieza e aplicando toda a experiência vivida em 40 anos de aviação e mais de 20.000 horas de voo.

sullyposter

Sendo tratado como herói pela mídia e pela população, o comandante Sully, hoje palestrante sobre segurança operacional, ressaltou na época que não se sentia um herói, mas que apenas teria cumprido seu trabalho.

O filme também traz à tona um grande aspecto da segurança operacional nos aeroportos: o risco de fauna.

O longa dramatiza as investigações ocorridas após o acidente, as emoções dos passageiros e a pressão sofrida pelos tripulantes. Em um trailer de arrepiar lançado recentemente, podemos observar a qualidade das imagens, que fazem uma justa homenagem ao herói Sullenberger.

Realmente não dá pra perder a estreia, programada para o dia 1º de dezembro no Brasil.


 

André Le Senechal

Piloto comercial, ICAO 5. Formando no Bacharelado de Aviação Civil. Respira o ar do Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos. Profissional de infraestrutura aeroportuária e controle/despacho operacional de voos. Plane Spotting e Simuladores de voo.