Transcarga da Venezuela encerra definitivamente operações com Embraer E120

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Transcarga Divulgação

Um reporte recente do CH-Aviation informa que a venezuelana Transcarga está finalizando sua operação com aeronaves Embraer E120 cargueiras. Recentemente, apenas uma aeronave do modelo ainda estava voando de um total de quatro já operadas pela empresa, desde que iniciou operações.

Com a saída do modelo da Embraer, a frota da empresa contará com dois Airbus A300B4F e oito Piper Navajos, os últimos distribuem parte da carga trazida pelos aviões maiores. A empresa possui parceiros importantes no exterior, como UPS, FedEx, Latam, Qatar Cargo, dentre outras, segundo informa em seu site na internet.

Ainda segundo seu site, a empresa tem se esforçado para manter os mais altos padrões de qualidade no serviço de transporte de carga nacional e internacional. O serviço é voltado para pequenos e médios produtores venezuelanos, tanto internamente quanto para as necessidades de exportação de produtos perecíveis, como peixe, frutos do mar, vegetais, frutas, flores, etc. Outro segmento importante é o serviço de encomendas, documentos e correspondência.

No ano passado, a empresa enfrentou um revés em suas operações nos EUA, onde operava semanalmente para Miami, depois que o Departamento dos Transportes (DOT) proibiu o serviço de carga entre os EUA e a Venezuela em 14 de maio. Segundo o DOT, esse pedido foi baseado na proteção do interesse público e da segurança contra ameaças de segurança apresentadas pelo uso dos aeroportos venezuelanos.

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias