Tripulantes punidos após fotos de interior de avião presidencial serem vazadas

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Avião Boeing 777-300ER Air India One
Boeing 777-300ER VVIP da Índia – Imagem: Vikramdabas / CC BY-SA, via Wikimedia Commons

A mídia indiana reportou nesta sexta-feira, 6 de novembro, que dois dos integrantes da equipe responsável por transladar os novos Boeings 777 do governo da Índia foram suspensos após um vazamento de imagens do interior de um dos jatos VVIPs.

Segundo o Times of India, um membro da tripulação do primeiro avião, que foi levado dos Estados Unidos para a Índia cerca de um mês atrás, tirou fotos do interior do mesmo e, não satisfeito, compartilhou as imagens com familiares.

As fotos acabaram vazando e chegando às redes sociais, e, assim, ao conhecimento do Primeiro Ministro indiano, que abriu uma investigação para descobrir quem seria o responsável, uma vez que detalhes sobre o interior de aviões tão estratégicos devem ser mantidos em total sigilo.

O caminho do compartilhamento das fotos foi traçado e o integrante da tripulação foi identificado. O portal indiano destaca que não apenas ele foi suspenso pela atitude irresponsável, mas também o supervisor da equipe, que deveria garantir que a situação não ocorresse.

Adicionalmente, uma das pessoas pelas quais as fotos passaram ao serem compartilhadas era uma ex-funcionária da Air India, empresa aérea estatal responsável por administrar os aviões presidenciais. Assim, o governo indiano decidiu por também suspender os benefícios que ela ainda possuía na companhia, como direito a passagens gratuitas e convênio médico.

As imagens, que após vazadas foram divulgadas também por sites, como o Republic World (clique para vâ-las), não mostram nada além de uma maca médica e alguns layouts de configuração interna de assentos do Boeing 777-300ER, que conta ainda com diversos sistemas de defesa aérea e comunicação avançada. Mas uma fonte relacionada ao caso comentou ao Times of India que a violação de segurança não deveria ter acontecido, independente do que foi fotografado.

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Demanda global por viagens aéreas cai ainda mais em janeiro

0
Com aumento das restrições aéreas em países afetados por novas ondas de contaminação por COVID-19, janeiro tem fortalecimento da crise.