Início Indústria Aeronáutica Turkish Aerospace considera criar um novo turboélice para até 90 passageiros

Turkish Aerospace considera criar um novo turboélice para até 90 passageiros

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Mercado é dominado pela ATR

As fabricantes mundo afora têm apostado em algumas premissas para o futuro próximo da aviação, sendo que uma delas parece ser a expectativa de um aquecimento no mercado de aeronaves turboélices.

Apenas nos últimos meses, várias fabricantes, incluindo a Embraer e a Airbus, anunciaram novos projetos nesse mercado. Agora, foi a vez da Turkish Aerospace sinalizar que vê futuro nessa direção e que poderá entrar para competir.

Em entrevista ao site ATN, o executivo-chefe da Turkish Aerospace, Temel Kotil, disse que a empresa está estudando a viabilidade de produzir um turboélice de 70 a 90 assentos, com ou sem parceiros externos. Tal capacidade é similar ao projeto anunciado pela brasileira Embraer recentemente e entra num nicho de mercado hoje dominado pelos ATR (até 70 assentos).

Hoje, a Turkish Aerospace é mais conhecida por produzir componentes, como seções da fuselagem e painéis de asas, para aeronaves Airbus e Boeing. O executivo enfatiza, porém, que o martelo ainda não está batido e que há algumas etapas a serem cumpridas antes que a empresa decida pelo projeto de ter sua própria aeronave.

As fabricantes apostam que os turboélices, principalmente aqueles com motores híbridos ou elétricos, darão a tônica num futuro próximo, enquanto as empresas aéreas buscam por operações mais sustentáveis. Além disso, com o envelhecimento das frotas ao redor do mundo, abre-se uma janela para a substituição das aeronaves menos econômicas. É nesse nicho que essas fabricantes querem entrar com força.

Sair da versão mobile