Um avião Boeing 787 viajou por 12 horas para salvar criança com uma doença rara

Boeing 787 Dreamliner
Boeing 787 Dreamliner da Comlux no Aeroporto Internacional de Córdoba – Imagem: Aviacionline

Na última quarta-feira, dia 21 de julho, um Boeing 787 Dreamliner da companhia aérea Comlux Aviation, empresa especializada em fretamentos, chegou a Córdoba, na Argentina, proveniente de Buenos Aires, para transportar Federico Ledezma um menino de seis anos com neuroblastoma de grau quatro no rim esquerdo. O pequeno teve que viajar para Barcelona para um tratamento especializado.

A história do pequeno Federico gerou comoção nacional na argentina e uma campanha, denominada “Todos por Fede”, arrecadou mais de 300 mil euros para o tratamento. O próprio transporte no grande avião foi doado.

O voo

De acordo com nosso parceiro argentino Aviacionline, o Boeing 787, registrado sob a matrícula P4-787, chegou a Punta del Este na noite de segunda. Após algum tempo para obter as autorizações necessárias de ingresso no território argentino, os pilotos voaram na quarta para Buenos Aires (ponto de entrada obrigatório na Argentina, de acordo com a lei local nesses tempos de pandemia) e depois seguiu para Córdoba. 

Também houve desafios no voo para a Espanha A aeronave estava programada para partir à tarde, mas problemas envolvendo questões migratórias e sanitárias, a partida teve que ser adiada até 21h30. No vídeo abaixo, o piloto do voo, explicou alguns motivos do atraso, citando a dificuldade de encontrar um enfermeiro habilitado para a viagem.

Após um atraso de mais de sete horas, o Boeing 787 da Comlux decolou de Córdoba na quinta-feira à noite, rumo ao aeroporto de El Prat, em Barcelona, ​​chegando à cidade espanhola na sexta-feira às 14h26, após 12h de voo, como mostram os dados de rastreamento do RadarBox.

No final, o que importa é que, felizmente, Federico Ledezma já está na Espanha, para continuar seu tratamento. Segundo o La Voz, o avião teve que ser equipado com as condições para o menino voar, de acordo com sua condição médica, requerendo balões de oxigênio, por exemplo.

O neuroblastoma é um câncer raro do sistema nervoso simpático, que envia mensagens do cérebro para todo o corpo. Federico foi submetido a quimioterapia e transplante de medula óssea na Argentina. Porém, o quadro piorou e na Espanha você poderá adquirir um novo tratamento que não existe na Argentina.

A aeronave

O único Boeing 787 da empresa de fretamentos de luxo, que utiliza aeronaves com interior completamente VIP (embora esse não seja o caso do 787-8, que conserva a configuração original), foi o pivô de ocasião especiais, quando bateu recentemente um recorde de voo de passageiros mais longo do modelo, ficando por mais de 20 horas no céu entre a Coréia do Sul e a Argentina. Apesar de não ser um voo regular, levou destaque para a empresa, que na ocasião foi contratada por um famoso cineasta argentino.

Curiosamente, essa não é a primeira vez que a referida aeronave pousa no Aeroporto Ambrosio Taravella. Em fevereiro passado, ela esteve em Córdoba para realizar voos de treinamento da tripulação.

Trajetória da aeronave até a Espanha – Imagem: RadarBox

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias