Início Mercado Um avião Embraer 110 Bandeirante de grande história voltará ao Brasil após...

Um avião Embraer 110 Bandeirante de grande história voltará ao Brasil após 34 anos

Foto: Aircraft

EXCLUSIVO – Um clássico Embraer EMB-110 Bandeirante voltará ao Brasil após mais de três décadas. Atualmente na África do Sul, sua chegada ao interior de São Paulo está prevista para outubro, a depender dos trâmites burocráticos, segundo fontes próximas do processo informaram ao AEROIN.

A aeronave em questão é um EMB-110P1 que tem o número de série 110.383, e foi produzida em 1982. O avião esteve à venda no catálogo do site Aircraft.com, que cita que voou 17.164 horas ao longo de sua vida, sempre em configuração de passageiros, com 15 assentos de fábrica em seu interior.

Foi cartão de visitas da Embraer

A primeira curiosidade interessante sobre a aeronave é que ela esteve em exposição numa das maiores feiras aeronáuticas do mundo, em Farnborough, no ano de 1982, quando ainda era uma aeronave de demonstração da Embraer. À época, ela tinha a matrícula PT-SFA. A foto abaixo, incorporada do Flickr e de autoria de Graham Tiller, mostra a aeronave exposta.

Do ano de 1984 em diante, a aeronave passou a ser operada comercialmente por várias empresas aéreas ao redor do mundo, tendo voltado ao Brasil em 1987 nas cores da Brasil Central e depois ido embora para não mais voltar até hoje.

A história da aeronave segue o seguinte roteiro:

1982 – Aeronave de demonstração da Embraer – PT-SFA
1984 – AAA Airlines (EUA) – N135EM
1986 – Mid-Continent Airlines (EUA) – N135EM
1987 – Brasil Central Linhas Aéreas – PT-LLB
1988 – Nyge Aero (Suécia) – SE-KEL
1994 – Menzies Aviation (Nova Zelândia) – ZK-ECM
1995 – Air National (Nova Zelândia) – ZK-ECM
2004 – Pacific Coastal Airlines (Canadá) – C-FPCX
2006 – Aeropro (Canadá) – C-GBYL
2013 – Protea Group (EUA) – N383AK
2013 – Northlands Charter (África do Sul) – ZS-CSI

A volta ao Brasil

O retorno, programado para as próximas semanas, será com a matrícula PS-GBP e sua operação ficará a cargo da empresa Fototerra Atividades de Aerolevantamento, líder de mercado no setor de GIS (Sistema de Informações Geográficas), que atua há 28 anos e tem parcerias nacionais e internacionais em serviços especiais aéreos.

A rota de traslado da aeronave começará no aeroporto Wonderboom National, em Pretória, na África do Sul e, após paradas intermediárias, chegará a Recife, onde será nacionalizado, antes de seguir para Bragança Paulista, no interior de São Paulo.

A Fototerra já possui o Bandeirante de matrícula PT-SHO. Além dele, tem mais cinco aeronaves, a saber:
– Piper PA-34-200T Seneca II de matrícula PT-FOT
– Cessna 206 Stationair de matrícula PR-FOT
– Embraer EMB-810C Seneca II de matrícula PT-EGR
– Embraer EMB-810C Seneca II de matrícula PT-EPN
– Diamond DA-42 NG de matrícula PP-BCC

Sair da versão mobile