Um Boeing 737-800 voou 4.630 quilômetros com apenas um passageiro a bordo

Foto de AF1621, CC BY 3.0, via Wikimedia

Um Boeing 737-800 da empresa aérea israelense El Al decolou nessa semana com apenas um passageiro a bordo. Curiosamente, esse foi também o segundo voo comercial na história a ligar Israel ao Marrocos, após um acordo de normalização das relações firmado no começo desse ano.

Reportou o Independent que o voo LY-5052 de 26 de abril teve um objetivo especial: buscar um empresário israelense doente para tratamento médico em Israel. A jornada, no entanto, não deve ter custado pouco, já que levou nada menos do que seis horas em cada perna, percorrendo 4.630 quilômetros por trecho, como mostram os dados de rastreamento de voos do RadarBox.

O avião ficou pouco mais de uma hora na pista do aeroporto de Casablanca, antes de voltar com o paciente para Tel Aviv.

Imagem: RadarBox

Não há detalhes do resgate, mas é uma história interessante, haja visto que existem aeronaves bem menores do que um Boeing 737 com capacidade para 187 passageiros, como jatos executivos aeromédicos, por exemplo, que poderiam ter transportado o passageiro.

Como citado acima esse foi o segundo voo entre os dois países. Importante lembrar que a mesma El Al já transportou integrantes da delegação israelo-americana, que visitou o Marrocos em dezembro passado. A delegação incluiu o ex-conselheiro sênior da Casa Branca, Jared Kushner, e o conselheiro de segurança nacional de Israel, Meir Ben-Shabbat.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Imobiliária leva a melhor sobre fábrica de cuecas por compra de...

0
A empresa aérea sul-coreana Eastar Jet deverá ser vendida para a imobiliária Sungjeong (SJ), informou o parceiro CH-Aviation.