Um diagnóstico da carteira de aviões da gigante do leasing BOC Aviation

A BOC Aviation Limited atualizou, na terça-feira (3), a posição de sua carteira, já trazendo os resultados operacionais para o trimestre encerrado em 30 de junho de 2021. No total, a gigante do leasing aeronáutico possui uma frota de 536 aeronaves próprias, gerenciadas e sob encomenda. Nesse número, constam os 122 pedidos que a empresa ainda tem juntos às maiores fabricantes (Boeing e Airbus).

Falando da frota própria, de 377 jatos comerciais, a idade média dos aviões é de apenas 3,7 anos e prazo médio de arrendamento remanescente de 8,1 anos. A base de clientes totaliza 87 companhias aéreas em 38 países e regiões nas carteiras próprias e administradas.

O portfólio em 30 de junho estava composto da seguinte forma:

No trimestre

A utilização de aeronaves próprias foi de 99,6%, com duas aeronaves de corredor único e seis aeronaves de corredor duplo fora de leasing

No período, a empresa executou um total de 35 transações, sendo:

· Recebimento de 17 aeronaves;

· Venda de 3 aeronaves próprias e 2 administradas;

· Assinatura de 13 compromissos de locação

A empresa lembra que os dados operacionais acima são baseados nos seus registros e não foram auditados ou revisados ​​pelos auditores independentes ainda.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias