Um grande Airbus A380 é retirado do deserto pela Singapore Airlines

Avião Airbus A380 Singapore Airlines
Airbus A380 – Imagem: aeroprints.com / CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

Depois de o Airbus A380, o maior modelo de avião de transporte de passageiros do mundo, ser duramente criticado como ineficiente durante os piores momentos da crise aérea gerada pela pandemia da Covid-19, dias melhores começam a surgir no horizonte do gigante de dois andares.

Enquanto algumas empresas optaram por tirar boa parte ou todos os seus exemplares de operação, outras ainda veem no modelo um avião adequado para certas rotas, especialmente diante de sinais de que a retomada da aviação deve ser mais rápida do que o esperado em certos mercados.

O mais recente movimento nesse sentido aconteceu hoje com a Singapore Airlines, a segunda maior operadora do A380 no mundo. Embora a companhia asiática já tenha aposentado 5 de seus 24 exemplares, ela tem mantidos ativos vários dos 19 restantes, tendo, inclusive, retirado um deles da estocagem no deserto nesta semana.

Conforme histórico de voo da plataforma de rastreio RadarBox, o exemplar registrado sob a matrícula 9V-SKW deixou o Aeroporto de Alice Springs, no deserto da Austrália, na quarta-feira, 28 de julho.

Após ter sido estocado no ano passado, no início da crise, o Airbus A380 agora partiu com destino ao Aeroporto de Sydney, também na Austrália, onde permaneceu até esta sexta-feira, 30, passando por intervenções de manutenção antes de continuar um voo mais longo até a base da Singapore Airlines.

Finalmente, hoje, o 9V-SKW partiu de Sydney e foi transladado até o mega Aeroporto Changi, em Singapura.

O A380 voando hoje de Sydney a Singapura – Imagem: RadarBox

Este é o segundo Airbus A380 retirado de Alice Springs pela Singapore neste ano. O anterior foi movimentado em fevereiro. Dessa forma, não é possível afirmar que o 9V-SKW entrará imediatamente em operações comerciais, já que o anterior também não entrou até hoje.

Entretanto, a opção da companhia por retirar os aviões da estocagem de longo prazo, assim como os voos locais de preservação que têm sido feito com alguns dos A380 em Singapura, indicam que a Singapore está deixando vários exemplares de sua frota prontos para retornar ao serviço.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Senadores ficam enfurecidos com plano de segunda pista no Aeroporto de...

0
Representantes do governo disseram entender as razões dos senadores catarinenses, mas não se comprometeram com a realização da obra.